Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Em imagens, o caminho de Jessica Bate-Estaca rumo à disputa de cinturão

Brasileira enfrenta Joanna Jedrzejczyk na luta co-principal do UFC 211, em maio

Em junho de 2016, a brasileira Jessica Andrade tomou a decisão de mudar de categoria.
Garanta já o seu ingresso para o UFC Fortaleza, em 11 de março
Cortando quase nove quilos, ela foi do peso-galo para o peso-palha e, oito meses depois, já mostrou que a opção foi acertada - Jessica foi confirmada pelo Ultimate como a próxima desafiante ao cinturão da nova divisão, e vai enfrentar a campeã Joanna Jedrzejczyk na luta co-principal do UFC 211, no próximo dia 13 de maio, nos Estado Unidos.
Neste período, a “Bate-Estaca” somou três vitórias contundentes, escalando rapidamente para a terceira posição no ranking do peso. Relembre, em fotos, estes triunfos.
Leia também: Bate-Estaca desafia Joanna no UFC 211 | Joanna e a evolução do MMA europeu | 2017: ressurgimento brasileiro | Rankings: Jessica no Top 3
Nocaute técnico contra Jessica Penne - junho de 2016
Logo em sua estreia no peso, a paranaense encarou a ex-desafiante ao cinturão peso-palha do Ultimate e ex-campeã peso-átomo do Invicta FC, e mostrou que viria para ficar.


Finalização contra Joanne Calderwood - setembro de 2016
O próximo compromisso foi contra a especialista em muay thai Joanne Calderwood, que vinha embalada por duas vitórias no Ultimate. Não deu para a escocesa, que foi parada no primeiro round.


Decisão unânime contra Angela Hill - fevereiro de 2017
A prova de fogo da brasileira foi contra a então campeã peso-palha do Invicta FC, que estreava em sua segunda passagem pelo Ultimate, e vinha de quatro triunfos consecutivos. Vitória de Jessica nos três rounds.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC