Skip to main content

Entrevista pós-luta com Rony Jason

O 12º episódio do TUF Brasil definiu a final do peso pena. Rony Jason bateu Hugo Wolverine e se garantiu na decisão do programa contra Godofredo Pepey, luta que acontece no próximo dia 23 de junho, no UFC 147, em Belo Horizonte. No entanto, não foi uma tarefa fácil para Jason.

Com o cartel profissional de 10 vitórias e três derrotas, Rony Jason venceu nove vezes no primeiro round e uma no segundo. Ou seja, nunca precisou lutar três assaltos. Contra Hugo "Wolverine" Viana, apesar de o combate não ser computado oficialmente, Jason levou a melhor apenas na decisão dos jurados, depois de um desafio bem parelho.    
     
"Muita gente dizia que eu não tinha gás para uma luta inteira e este combate mostra o nível em que estou treinando. Mostrei para todos que, se eu precisar lutar três rounds, cinco rounds ou o dia inteiro, continuarei lutando", comenta Jason.   
    
"Outro lado bacana é que muita gente pensa que eu só tenho jiu-jitsu e pude mostrar que também tenho a parte em pé. Conto com ótimos professores neste quesito. Fiquei muito feliz por esse desempenho, porque o Hugo vem da escola do Luiz Dórea - treinador de bons boxeadores como o campeão do UFC Junior Cigano - e eu queria mostrar que também sei lutar em pé." 
    
Antes da batalha, Jason teve a visita na casa de Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, líderes da equipe que o lutador representa fora do reality show. Diante de um desafio tão complicado, o encontro com os irmãos Nogueira foi um alento.   
    
"Estava com muita dificuldade para perder o peso e, quando eles apareceram no programa, foi um incentivo a mais. Dentro da casa todo este tempo, o mais duro foi a saudade dos meus dois filhos e perder peso. Outra dificuldade foi a falta dos meus companheiros de treino. Além da minha família de sangue tenho a minha família de coração, que é a Team Nogueira", fala Rony, agora com a chance de viver uma experiência inédita:   
    
"Minotauro e Minotouro me vendo na final também vai ser uma motivação a mais. É engraçado: antes os assistia lutando e agora eles vão me ver lutar! Isso não tem preço!"   
    
Para Rony Jason, muitas metas foram alcançadas. Mas o representante do Time Wanderlei no TUF Brasil não se dá por satisfeito. Ele sabe que ainda falta o último degrau para o grande sonho.   
    
"Quando me inscrevi no programa, acreditava que poderia ser selecionado, depois que poderia estar na final e agora que posso ser o campeão. Tudo tem o seu tempo e essa oportunidade apareceu para mim na hora certa. Estava bem de cabeça, bem com o meu corpo... O TUF me deu a oportunidade de chegar ao UFC, mas só vou acreditar que realizei o meu sonho quando vencer esta final e assinar o meu contrato."