Pular para o conteúdo principal

'Estou a um passo do cinturão', diz Jacaré

Ele acredita que boa vitória contra Camozzi o deixará mais perto de enfrentar o campeão

Desafiante número 1 no ranking dos médios, Ronaldo Jacaré estava voltando de um treino quando soube que Yoel Romero estava lesionado e seria substituído por Chris Camozzi, neste sábado. O brasileiro confessa que ficou chateado com a notícia, mas seguiu em frente e tentará tirar proveito do ocorrido.
Assine o Canal Combate e não perca nenhuma edição do UFC
"Estou a um passo do cinturão, muitos estão atrás de mim. Alguns desvios acontecem, é um esporte muito competitivo, em que tudo pode acontecer", disse o brasileiro, que espera vencer neste sábado e conseguir uma chance de lutar pelo cinturão dos médios ainda em 2015.

Na quarta-feira, em Nova York, Jacaré foi o atleta mais aplaudido do treino aberto. Duas crianças que estavam na beira do octógono se encantaram com o lutador, que percebeu a boa recepção e entrou na brincadeira. "Amo criança, foi aí que eu me soltei. É bom saber que o público tem um carinho por você".
Visite a UFC Store
Apesar dos imprevisto, Jacaré garante que está empolgado e vai conseguir uma boa vitória contra Camozzi, no UFC Newark. "A sensação é de batalha, estou aqui para mostrar o que venho fazendo no treino de quatro meses. Não muda nada, meu foco continua sendo a vitória".