Pular para o conteúdo principal

Fábio Maldonado: boxe é a chave contra um ex-campeão do Ultimate

Brasileiro encara Quinton Rampage Jackson na segunda luta mais importante do UFC 186


Atleta do UFC desde 2010, o meio-pesado Fábio Maldonado terá seu maior desafio desde que chegou na organização neste sábado (25), quando encara Quinton “Rampage” Jackson no segundo duelo mais importante do UFC 186, em peso combinado. Vivendo um grande momento em sua carreira, com quatro vitórias nas últimas cinco lutas, o sorocabano espera demonstrar todo o seu potencial contra o ex-campeão do Ultimate, conhecido pela grande força que tem nos punhos.

- Assine o Canal Combate e não perca o UFC 186

“Ele é duríssimo, não só no wrestling, mas com o cruzado. Ele tem vários nocautes com um soco só. Mas, se Deus quiser, vai ser bem aquela luta com a minha cara: bem longa, sangrenta, desgastante. Minha vantagem será essa: a luta se tornar longa” afirmou o brasileiro do UOL, lembrando que Rampage possui 16 nocautes na carreira.

- Luta gratuita: Fábio Maldonado x Hans Stringer

A confiança de Maldonado na luta em pé se deve ao fato do brasileiro também ter lutado boxe profissionalmente enquanto praticava MMA, conseguindo um cartel invicto de 22 vitórias, 21 delas por nocaute. “Eu tinha o sonho de ser campeão mundial no boxe e no MMA, algo impossível de se tornar realidade, mas era o meu sonho. Hoje, eu sou um boxeador com boas noções de luta de chão. Sei que melhorei muito e ninguém vai me finalizar facilmente”.

- Visite a UFC Store

Com 29 lutas como profissional de MMA, o brasileiro sabe que essa será sua grande chance de se destacar no esporte, para assim chegar mais perto de seu objetivo. “Eu esperei 12 anos para lutar com o Rampage. Sempre fico animado quando vou lutar, porque eu quero ser campeão do UFC. Eu tive o melhor camp da minha vida e vou encarar um grande desafio pela frente. Garanto que será uma guerra na trocação e farei de tudo para sair vencedor”.