Pular para o conteúdo principal
Eventos

Henry Cejudo atropela TJ Dillashaw e mantém o cinturão no UFC Brooklyn

Campeão dos moscas não deu chances ao campeão dos galos e finalizou o duelo com menos de um minuto de luta

O que era promessa de luta equilibrada virou um atropelo. Henry Cejudo não deu chances ao campeão dos galos, TJ Dillashaw, e nocauteou o rival com apenas 32 segundos de duelo, na luta principal do UFC Brooklyn, mantendo assim o cinturão peso-mosca na noite do último sábado (19).

"Eu dei duro a minha vida toda. Tive a capacidade de vencer um dos maiores de todos os tempos. É algo surreal. Eu sabia que ele estava machucado. Eu o peguei com um chute na cabeça e vi que ele ficou atordoado. O resto é história. TJ, eu quero te dar uma segunda chance, agora na categoria dos galos", falou Cejudo após a vitória.

Social Post

Mais UFC Brooklyn: Cerrone dá show no card preliminar

Dillashaw começou o duelo explorando os chutes baixos, mas sentiu um chute alto de Cejudo, que empurrou o rival no chão e começou a castigá-lo no ground and pound. Dillashaw ainda tentou se levantar, mas sofreu dois golpes fortes e voltou a cair no solo, obrigando o árbitro a interromper o duelo entre ambos.

Confira a entrevista com Cejudo e Dillashaw após o duelo

Confira o que disseram o campeão peso-mosca e o desafiante após o nocaute em apenas 32 segundos na luta principal do UFC Brooklyn, realizado no último sábado (19).


O nocaute espetacular de Cejudo em apenas 32 segundos se tornou o quinto mais rápido da história do Ultimate, empatado com Tito Ortiz, no UFC 30. O mais rápido da história ainda é o de Conor McGregor contra José Aldo, no UFC 194, que foi com 13 segundos de luta.

Glover sofre, se recupera e vence Roberson

Glover Teixeira abriu o ano de 2019 com uma boa vitória. O brasileiro abriu o card principal do UFC Brooklyn contra Karl Roberson e venceu o rival por finalização ainda no primeiro round.

"Eu pensei comigo mesmo que não iria perder para esse cara de jeito nenhum. Ele me acertou e eu senti os golpes, mas eu estou em boa forma. A agressividade dele me surpreendeu, mas sou um veterano, esse não é o meu primeiro duelo e pude dar a volta por cima", falou o brasileiro, que pediu para enfrentar o compatriota Maurício Shogun em seu próximo duelo.

Glover tentou derrubar Roberson logo no começo do duelo, mas não teve sucesso e sofreu com as cotoveladas do rival durante o sprawl, ficando atordoado. O duelo voltou a ficar em pé e o brasileiro conseguiu a queda, partindo logo em seguida para o katagatame e dando números finais ao duelo.

Esta foi a nona vitória de Glover por finalização/nocaute no UFC, empatando assim com Chuck Liddell e Ovince St Preux em segundo lugar como o meio-pesado que mais venceu deste modo.

Confira os resultados completos do UFC Brooklyn
Card Principal

Henry Cejudo venceu TJ Dillashaw por nocaute técnico aos 32s do 1º round;
Allen Crowder venceu Greg Hardy por desqualificação (joelhada ilegal) aos 2m28s do 2º round;
Gregor Gillespie venceu Yancy Medeiros por nocaute técnico aos 4m59s do 2º round;
Joseph Benavidez venceu Dustin Ortiz por decisão unânime (triplo 29-28);
Paige VanZant venceu Rachael Ostovich por finalização (chave de braço) aos 1m50s do 2º round;
Glover Teixeira venceu Karl Roberson por finalização (triângulo de mão) aos 3m21s do 1º round;

Card Preliminar

Donald Cerrone venceu Alexander Hernandez por nocaute técnico aos 3m43s do 2º round;
Joanne Calderwood venceu Ariane Lipski por decisão dos juízes (30-26, 30-26 e 30-27);
Alonzo Menifield venceu Vinicius Mamute por nocaute técnico aos 3m56s do 1º round;
Cory Sandhagen venceu Mario Bautista por finalização (chave de braço) aos 3m31s do 1º round;
Dennis Bermudez venceu Te Edwards por decisão unânime (triplo 30-26);
Geoff Neal venceu Belal Muhammad na decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27);
Chance Rencountre venceu Kyle Stewart por finalização (mata-leão) aos 2m25s do 1º round.

Assine o combate | Siga o UFC Brasil no Youtube

Você gostaria de ver uma revanche entre Cejudo e Dillashaw no peso-galo?

Sim
78% (1 voto)
Não
22% (1 voto)
Total votes: 824