Pular para o conteúdo principal

Jacaré: a uma vitória da disputa de cinturão

Brasileiro enfrenta Gegard Mousasi nesta sexta, já de olho no campeão dos médios

Quem esteve no UFC Fight Night em Jaraguá do Sul, em fevereiro, viu que Ronaldo Jacaré e o iraniano Gegard Mousasi estavam sempre trocando brincadeiras e fazendo piadas. Alguns meses depois, os dois farão a luta principal do UFC Fight Night da noite desta sexta-feira, nos médios - será o segundo combate entre eles, Mousasi venceu a primeira, em 2008.
“Não era uma luta que a gente queria, mas somos profissionais, sabemos que estamos no topo da divisão. O importante é que continuamos nos respeitando, sempre trocando elogios. E dentro do octógono não vai ser diferente dos outros desafios, vai ter muita porrada. Acho que a torcida é quem mais ganha com tudo isso:, disse o brasileiro.
Aos 34 anos, Jacaré vem de seis vitórias - sua última derrota foi em 2011, quando perdeu o cinturão do Strikeforce para Luke Rockhold. Pouco mais de três anos, o brasileiro aperfeiçoou bastante a parte em pé, fez boas apresentações no octógono e já se acha apto a vencer qualquer lutador da divisão.
“Sei que posso enfrentar qualquer um da categoria, tanta faz o Chris Weidman ou Vitor Belfort (os dois se enfrentam em 6 de dezembro, em Las Vegas). Estou em um momento em que acredito que posso vencer qualquer adversário. Mas procuro não pensar muito nisso, porque ainda tenho o Mousasi pela frente, que vai ser uma luta bem difícil”.