Pular para o conteúdo principal

Joanna promete que luta no UFC 193 será "dura como um soco de Mark Hunt"

Campeã peso-palha encara Valerie Letourneau no evento

Joanna Jedrzejczyk já provou que é capaz de fazer lutas emocionantes. A campeã peso-palha conquistou o título com um nocaute no segundo round sobre Carla Esparza, e defendeu o cinturão nocauteando Jessica Penne na terceira parcial. Para sua próxima batalha, a polonesa garante que o show será ainda maior.

Joanna enfrenta Valerie Letourneau na segunda luta principal do UFC 193, em 14 de novembro, e prometeu um combate tão duro quanto um soco do peso-pesado Mark Hunt, que encara Antônio Pezão no mesmo evento.

Ingressos à venda para o UFC São Paulo

"Eu estarei pronta para uma luta de cinco rounds", disse a campeã ao canal de Chris Olech. "A Valerie é uma oponente muito dura. Sempre tenho muito respeito pelas minhas oponentes. Ela é muito resistente, experiente e forte. Ela tem pontos fortes. Sei que ela quase nocauteou a Maryna Moroz. Vou trabalhar para neutralizar seu jogo nos primeiros segundos da luta e vencer. Será uma luta muito interessante entre duas trocadoras. Acho que vai ser a luta da noite. Vai ser uma luta dura, mais dura que um soco do Mark Hunt, e ele é fenomenal".

Invicta com 10 triunfos, Joanna acredita que manterá o 0 em seu cartel por bastante tempo.

"Não tenho medo de perder. Eu não quero ser derrotada ou sentir essa emoção. Sei que se eu perdesse, seria mesmo depois de dar tudo de mim. Eu sei que terei a consciência limpa que dei tudo. Mas eu serei campeã por muito tempo", afirmou.

A luta principal do UFC 193 ficará por conta de Ronda Rousey e Holly Holm, que disputam o título peso-galo da organização. 

Visite a UFC Store 
Baixe o aplicativo do UFC 
Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC