Pular para o conteúdo principal

Johny Hendricks investe em treinos de força para voltar a nocautear

"As pessoas vão reaprender por que elas têm medo das minhas mãos"


Ex-campeão dos meio-médios, Johny Hendricks vai encarar Tyron Woodley no UFC 192, em 3 de outubro, e pretende voltar a usar uma de suas maiores habilidades, que andou um pouco esquecida em suas últimas aparições no octógono: o poder de nocaute.

Reveja: Kampmann é mais uma vítima da esquerda de Hendricks | Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

Em entrevista ao portal Sherdog, o norte-americano revelou que na preparação para este duelo ele dará grande importância aos treinos de força com a intenção de conquistar mais uma vitória por KO. A última vez em que Hendricks venceu desta maneira foi em novembro de 2012, quando bateu Martin Kampmann em 46 segundos.

"Tenho trabalhado minhas habilidades e recuperado minha força. As pessoas vão reaprender por que elas têm medo das minhas mãos. Minhas combinações, meus chutes, tudo está ótimo, mas já focamos demais nisso. Está na hora de focar novamente na força. Em acertar alguém e ver se a pessoa aguenta o soco. Essa é a ameaça que ele (Woodley) também tem. Quando se enfrenta alguém assim, você precisa saber: é bater neles e capitalizar", afirmou.

Tanto Hendricks quanto Woodley têm como base o wrestling e são conhecidos pelas mãos pesadas. Por conta dos estilos parecidos, o ex-campeão diz que o duelo promete ser um dos melhores do evento.

"Ele está em terceiro no ranking por um motivo. Tem a mão direita pesada, já venceu caras muito bons. Quando o cara é capaz de te derrubar, as coisas começam a ficar interessantes. Porque ele não só pode te nocautear, como também pode te derrubar", declarou. 

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias