Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Jon Jones promete voltar ainda melhor após superar problemas pessoais

Ex-campeão meio-pesado disputa cinturão interino no UFC 197


Lutador mais novo a conquistar um cinturão do UFC - com 23 anos em 2011 -, Jon “Bones” Jones parecia invencível no topo da divisão dos meio-pesados durante seu reinado, que durou quatro anos e oito defesas de cinturão.
Eis que problemas na vida pessoal do campeão, como o envolvimento com drogas, fizeram com que um dos melhores lutadores peso-por-peso do mundo tivesse que deixar o esporte de lado para cuidar de si mesmo.
Receba as novidades do UFC no WhatsApp! Basta mandar um "olá" para (11) 94559-5935!
Neste sábado (23), Jones volta a pisar no octógono após 15 meses, e garantiu, em entrevista à revista GQ, que superou todas as adversidades e está pronto para retomar o que um dia foi seu.
“Durante esse ano tive tempo para sentar e reavaliar minha carreira e o quão importante isso é para mim, me reinventar dentro e fora do octógono. É uma bênção ter um emprego que não parece um emprego, porque eu amo o que faço. Os fãs verão uma versão melhorada de mim”, disse o ex-campeão.
Sem nenhum tipo de constrangimento, Jones falou sobre o problema com as drogas e garantiu estar sóbrio e motivado para uma nova etapa na carreira.
“Estar sóbrio não tem sido um desafio, é algo de que me orgulho”, disse, “Significa mais para mim do que ter ou não o cinturão. Estar saudável, esta é a verdadeira riqueza e felicidade. Acredito que meu novo estilo de vida vai ser bom para minha carreira”.

O retorno ao octógono seria justamente contra seu último oponente, Daniel Cormier, quem venceu por decisão unânime em 2015, e quem tomou o cinturão da divisão em sua ausência. Uma lesão de última hora, entretanto, obrigou o campeão a adiar o confronto, frustrando os planos de Bones de recuperar seu título.
“Eu e minha equipe estamos desapontados, pois estávamos nos preparando muito para enfrentar o Daniel Cormier”, desabafou Jones, “Mas sigo otimista. Talvez eu tivesse mesmo que me testar com alguém antes de enfrentá-lo”.
Assine o Combate | O canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC 
O novo compromisso, na luta principal do UFC 197, será contra Ovince Saint Preux e terá em disputa o cinturão interino dos meio-pesados. Jones admitiu que a mudança de adversário causou uma adaptação nos treinamentos, mas garantiu que a confiança na vitória segue inabalada.
“Ovince é mais alto e um pouco mais rápido. É um oponente completamente diferente”, analisou, “Mas costumo me dar bem contra canhotos. Lutei com Chael Sonnen, Vitor Belfort, Lyoto Machida, e nenhum deles chegou ao quinto round comigo”.