Pular para o conteúdo principal

Kunimoto finaliza Daniel Sarafian nas preliminares do UFC 174

Combate que levantou a torcida, Valerie Letourneau se superou para bater Elizabeth Phillips

Seis lutas deram início ao UFC 174, neste sábado, em Vancouver, Canadá. Os confrontos antecederam o card principal, com o brasileiro Rafael Feijão, o retorno do ex-campeão peso pesado do UFC Andrei Arlovski e a disputa do cinturão dos pesos moscas, entre Demetrious Johnson e Ali Bagautinov. Entre os destaques nas preliminares, a disputa feminina entre a canadense Valerie Letourneau e a americana Elizabeth Phillips levantou o público. Mal para a torcida brasileira, Daniel Sarafian foi derrotado de forma surpreendente por Kiichi Kunimoto

O favorito Daniel Sarafian foi surpreendido pelo japonês Kiichi Kunimoto na sua estreia entre os meio-médios. O participante do TUF Brasil 1 começou bem, encurtou os espaços na trocação e chegou a encaixar um bom golpe. Mas Kunimoto aplicou seu plano de jogo após agarrar o brasileiro. Ele derrubou e aproveitou a brecha dada por Sarafian ao tentar virar de quatro apoios de forma displicente. Kunimoto grampeou nas costas e ajustou o estrangulamento mata-leão, o que obrigou o representante tupiniquim a dar os tapinhas da desistência precocemente, aos 2min52s do round inicial. O golpe valeu a segunda vitória do nipônico no Ultimate, enquanto Daniel perde a terceira em quatro apresentações pela organização – segunda em sequência -, e fica em situação complicada.  

Na luta feminina, Elizabeth Phillips foi mais contundente na primeira etapa e castigou o rosto da adversária, que ficou com o olho esquerdo bem inchado. Mas no seguimento, Valerie Letourneau conseguiu manter o ritmo mais acelerado, dominou o centro do Octógono e passou a conectar a maioria dos golpes. Numa luta de recuperação, melhor para Valerie Letourneau por decisão dividia.    
Vindo de derrota, o canadense Yves Jabouin surpreendeu Mike Easton com um jogo de quedas e domínio no chão. Easton tentou reverter no assalto final, mas não foi o suficiente para o peso galo impedir a sua terceira derrota em sequência. Jabouin levou a melhor por decisão unânime.  

Em sua segunda apresentação pelo UFC, o sul-coreano Tae Hyun Bang mostrou que realmente tem a mão pesada contra o lutador local Kajan Johnson. No primeiro assalto, o peso leve já havia encaixado um forte golpe de direita. Depois de passar aperto na segunda parcial, Tae Hyun aproveitou aguarda baixa após um chute do oponente para surpreender com uma bomba de mão direita. Foi o nono nocaute do lutador da Coréia do Sul. 

Estreante na organização, o peso galo japonês Michinori Tanaka usou principalmente as quedas e o domínio no chão para frear, por decisão unânime, o canadense Roland Delorme. Tanaka segue invicto no MMA, com dez vitórias. Na primeira luta da noite, o canadense Jason Saggo quedou, montou, pegou as costas e seguiu socando Josh Shockley para conseguir o nocaute técnico ainda no primeiro round. A luta era válida pelos pesos leves. 

Confira os resultados das preliminares:
Kiichi Kunimoto finalizou Daniel Sarafian com um mata-leão aos 2min52s do R1
Valerie Letourneau venceu Elizabeth Phillips por decisão dividida 
Yves Jabouin venceu Mike Easton por decisão unânime
Tae Hyun Bang venceu Kajan Johnson por KO aos 2min1s do R3
Michinori Tanaka venceu Roland Delorme por decisão unânime
Jason Saggo venceu Josh Shockley por TKO aos 4min57s do R1