Pular para o conteúdo principal
Jailton Almeida of Brazil reacts after his victory over Danilo Marques of Brazil in their light heavyweight fight during the UFC Fight Night event at UFC APEX on February 05 2022 in Las Vegas Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)
Listas

Lista: Os Melhores Estreantes de 2022

Veja uma seleção de lutadores que surgiram este ano no Octógono e deixaram sua marca

Quais foram novatos que tiveram destaque no Octógono em 2022? Continue lendo para saber como começa a temporada de prêmios altamente não-oficial da equipe do UFC.com.

Jack Della Maddalena of Australia punches Danny Roberts of England in a welterweight fight during the UFC Fight Night event at UFC APEX on November 19, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Jack Della Maddalena golpeia Danny Roberts no UFC Vegas 65. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Talvez o melhor talento da Oceania desde Robert Whittaker, o australiano Jack Della Maddalena despertou o interesse dos fãs do UFC após sua vitória sobre Ange Loosa no Dana White's Contender Series, em 2021. Ele chegou em 2022 e conquistou três vitórias seguidas, batendo Pete Rodriguez, Ramazan Emeev e Danny Roberts. Mesmo não estando no Top 15 do peso meio-médio, ele já provou que não é apenas um lutador com potencial, mas um realidade.

2 – Jailton Almeida

Jailton Almeida of Brazil reacts after his submission victory over Parker Porter in a heavyweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Jailton Almeida of Brazil reacts after his submission victory over Parker Porter in a heavyweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)


Outro lutador vindo do Dana White's Contender Series em 2021, Jailton Almeida tem sido uma força da natureza desde sua chegada . Capaz de lutar no peso meio-pesado ou peso-pesado, o brasileiro pode atingir patamares altíssimos em ambas as divisões. Provas disso são as vitórias sobre Danilo Marques, Parker Porter e Anton Turkalj.

3 – Muhammad Mokaev

Muhammad Mokaev of England celebrates his victory over Cody Durden in a flyweight fight during the UFC Fight Night event at O2 Arena

Muhammad Mokaev comemora a vitória sobre Cody Durden no UFC Londres. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Muhammad Mokaev of England celebrates his victory over Cody Durden in a flyweight fight during the UFC Fight Night event at O2 Arena on March 19, 2022 in London, England. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Uma das promessas mais badalados a entrar no Octógono pela primeira vez em 2022, Muhammad Mokaev cumpriu com todas as expectativas até agora graças a um trio de vitórias sobre Cody Durden, Charles Johnson e Malcolm Gordon. Já no Top 15 do peso-mosca, Mokaev tem o talento e a motivação para talvez estar na corrida pelo título da categoria no próximo ano.

4 – Tatsuro Taira

Tatsuro Taira of Japan punches Carlos Candelario in a flyweight fight at UFC APEX on May 14, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Tatsuro Taira golpeia Carlos Candelario no UFC Vegas 53 (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Com apenas 22 anos de idade, Tatsuro Taira pode não ser apenas o presente do MMA japonês no UFC, mas também seu futuro. Um talento fenomenal com a inteligência de um veterano experiente durante suas lutas, Taira foi impressionante em suas duas primeiras aparições no Octógono ao vencer Carlos Candelario por decisão e finalizar CJ Vergara. Ainda se espera muito mais dele em 2023.

5 – Yazmin Jauregui

Yazmin Jauregui reacts to her unanimous decision victory over Iasmin Lucindo at UFC Fight Night: Vera vs Cruz

Yazmin Jauregui comemora sua vitória no UFC San Diego. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Outra jovem lutadora a se destacar no UFC, Yazmin Jauregui, de 23 anos de idade, aparentemente apareceu do nada para fazer três rounds épicos com Iasmin Lucindo e depois superar Istela Nunes para manter seu cartel invicto de 10-0. Em 2023, espera-se que a mexicana suba até o Top 15 do peso-palha.

6 – Chidi Njokuani

Chidi Njokuani knees Dusko Todorovic of Montenegro in a middleweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Chidi Njokuani acerta uma joelhada em Dusko Todorovic no UFC Vegas 55. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Chidi Njokuani knees Dusko Todorovic of Montenegro in a middleweight bout during the UFC Fight Night event at UFC APEX on May 21, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Um membro veterano na classe de estreantes de 2022 no UFC, Chidi Njokuani rodou pelo circuito regional antes de ganhar uma chance no Dana White's Contender Series, em 2021. Então, como é que o lutador de 33 anos (quase 34) se apresentou aos fãs do UFC? Apenas com dois nocautes no 1° round contra Marc-Andre Barriault e Dusko Todorovic (em que ambos foram premiados com a Performance da Noite) e uma Luta da Noite com Gregory Rodrigues, provando que independente do resultado, iremos parar para assistir Chidi "Bang Bang" lutar.

7 – Natália Silva

Natalia Silva of Brazil kicks Jasmine Jasudavicius of Canada in a flyweight fight during the UFC Fight Night event at Moody Center on June 18, 2022 in Austin, Texas. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC)

Natalia Silva chuta Jasmine Jasudavicius durante a luta no UFC Austin. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)


Apesar de ter entrado no UFC com uma série de seis vitórias, a brasileira Natália Silva era uma grande dúvida graças ao fato de ter ficado sem lutar por quase três anos por conta de lesões, até que fez a sua estreia em junho contra Jasmine Jasudavicius. Três rounds mais tarde, ela deu show contra a canadense e em seu segundo compromisso no Octógono bateu Tereza Bleda, anteriormente invicta, em novembro. Basta dizer que não há mais pontos de interrogação sobre a capacidade de Natália.

8 – Michael Morales

Michael Morales of Ecuador punches Adam Fugitt in a welterweight fight during the UFC 277 event at American Airlines Center on July 30, 2022 in Dallas, Texas. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Michael Morales golpeia Adam Fugitt em sua luta no UFC 277. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Michael Morales of Ecuador punches Adam Fugitt in a welterweight fight during the UFC 277 event at American Airlines Center on July 30, 2022 in Dallas, Texas. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Com um cartel perfeito de 14-0 como profissional, o equatoriano Michael Morales surgiu na edição de 2021 do Dana White's Contender Series como um talento bruto com um físico avantajado. Agora, ele superou Trevin Giles e Adam Fugitt no UFC, e nada mudou sobre o que achamos dele, exceto que ele está começando a refinar seu ataque, o que torna o lutador de 23 anos ainda mais perigoso a qualquer adversário.

9 – Raul Rosas Jr.

Raul Rosas Jr. is interviewed by Joe Rogan after defeating Jay Perrin in a featherweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Raul Rosas Jr. é entrevistado por Joe Rogan depois de vencer no UFC 282. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)

Raul Rosas Jr. is interviewed by Joe Rogan after defeating Jay Perrin in a featherweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Raul Rosas Jr. foi o assunto do mundo do MMA quando ganhou um contrato com UFC aos 17 anos ao derrotar Mando Gutierrez no Dana White's Contender Series, em novembro. Então o assunto aumentou ainda mais quando ele se tornou o lutador mais jovem da história do UFC em 18 de dezembro, derrotando Jay Perrin no 1° round diante de uma lotada T-Mobile Arena. E prepare-se, porque em 2023, Rosas não tem planos de desacelerar.

10 – Andre Fialho

Andre Fialho of Portugal punches Cameron VanCamp in a welterweight fight during the UFC 274 event

Andre Fialho golpeia Cameron VanCamp durante a luta no UFC 274. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Sim, André Fialho entra em 2023 com um cartel de de 2-3 no Octógono após um ano super ativo, mas os nocautes em Miguel Baeza e Cameron VanCamp, aliados a uma verdadeira guerra contra Michel Pereira, fizeram dele um integrante bem-vindo à lista para ficar de olho no próximo ano.

Também receberam votos – Bryan Battle, Caio Borralho, Joanderson Brito, Waldo Cortes Acosta, Emily Ducote, Abus Magomedov, Maheshate, Mike Malott, Francis Marshall, Armen Petrosyan, Joe Pyfer.