Pular para o conteúdo principal

Livinha Souza faz demandas após estreia impressionante no UFC

Brasileira venceu em pouco mais de um minuto no UFC São Paulo


Livia Renata Souza teve uma estreia com o pé direito no UFC, finalizando a veterana Alex Chambers em apenas 81 segundos, e agora ela está pedindo outras cabeças.

Literalmente.
Veja também: Cowboy e Capoeira sobem nos rankingsRaio-X: Marreta x Anders

Em sua estreia no Invicta FC em 2015, a paulista de 27 anos se introduziu à divisão ao conquistar o cinturão peso-palha da organização, conquistando bônus de Performance da Noite e ampliando seu cartel para 8-0.
Oito meses depois, ela recebeu um novo bônus ao defender seu título. Após perder o cinturão para Angela Hill por decisão, ela se reabilitou com mais três vitórias. Claramente, a adaptação para competir nos Estados Unidos foi fácil. Entretanto, o novo idioma e cultura atrapalharam - não por muito tempo.

 
 
 

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Lívia Renata Souza - (Lívinha) (@livinhaufc) em 26 de Set, 2018 às 6:05 PDT

Enquanto alguns lutadores quando estouram pensam em carros, mansões e jóias, Livinha está pensando em como melhorar seu inglês à sua maneira.
“Bem, eu aprendi inglês ouvindo músicas de rap e jogando videogame”, disse, “Precisava passar os níveis e continuar melhorando meu inglês para jogar”.
Graças à sua maneira única de estudar, Livinha já dá entrevistas em inglês e está pedindo nomes em alto e bom som.
Jessica Aguilar é uma pioneira no esporte e um ídolo para mim”, disse, “Quando eu era criança, já assistia as lutas dela, e em dezembro, se Mick (Maynard, matchmaker do UFC) achar que faz sentido, vou estar pronta para enfrentar Jessica Aguilar”.
Com uma base sólida e a juventude ao seu lado, Livinha está em uma boa posição para tomar a divisão.
Seus olhos estão em Aguilar, e Livinha aceita qualquer adversária, mas sempre haverá algo queimando dentro da brasileira por uma outra luta em particular, e a mensagem para Angela Hill é clara.
“Foi uma pena na última luta, e agora estou melhor, então Hill, treine, porque estou chegando”, disse, “Estou chegando para pegar sua cabeça”.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube