Pular para o conteúdo principal

Lyoto Machida: dieta e lutas constantes são o segredo para boa fase nos médios

Brasileiro enfrenta Rockhold no sábado – e diz que pode lutar 4 vezes em 2015

O baiano Lyoto Machida fez sua estreia nos médios em outubro de 2013, quando nocauteou Mark Munoz no primeiro round. Ao sair da categoria meio-pesado, Machida vem se mostrando um lutador mais ativo, fazendo três lutas por ano e até planejando fechar 2015 com quatro. Estar sempre em ação dentro do octógono é um dos segredos do ex-campeão, que só perdeu um confronto na nova categoria - para o campeão Chris Weidman, em julho de 2014.
Assine o Canal Combate e não perca nenhuma edição do UFC
"Acredito que me manter ativo ajuda a melhorar a performance. Todo mundo fala muito em cinturão, mas minha preocupação é manter o ritmo de luta. Quando aparecer uma chance de disputar o cinturão eu estarei preparado", disse Machida, que enfrenta Luke Rockhold na noite deste sábado, em New Jersey.

Quando lutava entre os meio-pesados, Machida não tinha problema para subir na balança e bater o limite dos 93 quilos. Ao contrário do que se imagina, a dieta forçada para atingir os 84 quilos dos médios vem ajudando na sua preparação. "Sinto que tenho mais gás e explosão que na categoria antiga. Acho que sou igual vinho, vou ficando mais velho e melhor", brinca ele.
Visite a UFC Store
Aos 36 anos, Lyoto Machida sabe que sua performance é muito importante, ainda mais "em um esporte de entretenimento". Com a primeira luta de 2015 neste sábado, o ex-campeão tem tudo para conseguir fazer outros dois combates até o final do ano, mas avisa que pode querer um pouco mais. "Quem sabe não faço quatro lutas? Vamos ver como se desenrola".