Pular para o conteúdo principal
Notícias

Marreta propõe “semifinal” pelo cinturão contra Dominick Reyes

Brasileiro mira retorno ao Octógono nos próximos meses e novo title shot ainda em 2020

Reabilitado das lesões em ambos joelhos sofridas na disputa pelo cinturão dos meio-pesados contra Jon Jones em julho de 2019, Thiago “Marreta” já está fazendo planos para seu retorno ao Octógono.

“A recuperação está indo de vento em popa, quase 100%. Já é uma vitória para mim fazer as coisas que estou fazendo hoje, treinando tudo normal”, contou o brasileiro em entrevista ao UFC Brasil, “Chutar de novo, treinar jiu-jítsu, wrestling, fazer sparring, já é uma vitória para mim em 2020. A segunda vitória vai ser pisar no Octógono, fazer o que eu amo fazer (...). Estou morrendo de saudade de toda a adrenalina”.

Leia também: Usman sugere que Woodley se espelhe em Gilbert Durinho | Gaethje mira Khabib após o UFC 249

LAS VEGAS, NV - JULY 08:  Thiago Santos of Brazil celebrates his TKO victory over Gerald Meerschaert in their middleweight bout during the UFC 213 event at T-Mobile Arena on July 8, 2017 in Las Vegas, Nevada.  (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC vi

Fora de ação há cerca de nove meses, Marreta viu a categoria girar durante sua ausência. Jones defendeu o título mais uma vez, em luta apertada e de resultado polêmico contra Dominick Reyes, que está na fila por uma revanche; enquanto isso, o polonês Jan Blachowicz acumulou três triunfos seguidos e também espera por um title shot.

Levando tudo isso em consideração, o brasileiro sugeriu que os quatro participem de um mesmo card e disse que, se tudo correr como o esperado, espera uma nova chance de disputar o cinturão da categoria ainda este ano.

“O que eu gostaria: disputa de cinturão entre Jan Blachowicz e Jon Jones, main event, e co-main event, eu contra o Dominick Reyes. E os vencedores se enfrentavam na próxima”.

Confira abaixo a entrevista na íntegra com Thiago Marreta: