Pular para o conteúdo principal
Notícias

Masvidal conquista nocaute mais rápido da história no UFC 239

Duelo contra Ben Asrken no UFC 239 acabou em 5 segundos

O UFC 239 definitivamente foi histórico! Jorge Masvidal precisou de impressionantes cinco segundos para nocautear Ben Askren na terceira luta principal do evento realizado neste sábado (6), em Las Vegas. 

Jorge Masvidal se tornou o autor do nocaute mais rápido da história do UFC ao vencer Ben Askren em 5 segundos no UFC 239. 


Descrever o combate é simples: assim que o árbitro autorizou o início, Masvidal correu até o centro do Octógono e aplicou uma joelhada voadora. Askren, que estava com a cabeça baixa para tentar derrubar o oponente, acabou se tornando o alvo perfeito. 

"Funky" caiu completamente desacordado, e Masvidal ainda acertou alguns golpes no oponente antes que a luta fosse interrompida. 

Esse é o nocaute mais rápido da história do UFC, desbancando o recordista anterior, Duane Ludwig, que havia vencido em seis segundos. Quando perguntado sobre se havia planejado o golpe, Masvidal foi sucinto. 

"Ele estava falando muito. Eu tinha que mostrar as consequências a ele. Existem caras maus por aí, você não quer acordá-los. Eu quero o cinturão", disse. 

Veja o que disse Jorge Masvidal nos bastidores do UFC 239 após o nocaute espetacular sobre Ben Askren em apenas 5 segundos.


Jan Blachowicz x Luke Rockhold

Blachowicz fez questão de estragar a festa na estreia de Rockhold nos meio-pesados. Os atletas mantiveram a luta em pé na maior parte do tempo, e no fim do primeiro assalto o polonês deu uma prévia de seu poder de nocaute ao derrubar o adversário com um golpe.

O ex-campeão dos médios começou agressivo na segunda parte, mas Blachowicz revidou e, com um golpe certeiro de esquerda, mandou Rockhold desacordado ao chão. Fim de combate aos 1m39s do segundo round.

Social Post
Diego Sanchez x Michael Chiesa

Grappling foi o estilo que permeou o combate, e apesar de boas escapadas de Sanchez quando ficava em perigo, não há como negar que Chiesa foi dominante do início ao fim.

Sanchez tentou a queda logo de início, mas Chiesa ficou na posição favorável, ameaçando uma guilhotina seguida de um armlock. A luta voltou a ficar em pé, mas não demorou muito até Chiesa derrubar, pegar as costas e, novamente, ficar perto de finalizar. Quando não tentava a finalização, Chiesa castigava com cotoveladas ou ground and pound.  

Os rounds seguintes tiveram o mesmo ritmo, e “Maverick” foi declarado o vencedor por decisão unânime. Essa foi a segunda vitória do norte-americano nos meio-médios.