Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

McGregor afasta a possibilidade de deixar um dos cinturões após o UFC 205

Irlandês tentará ser o primeiro lutador a conquistar dois títulos do Ultimate ao mesmo tempo

Conor McGregor quer mesmo fazer história no Ultimate. O dono do cinturão dos penas terá pela frente Eddie Alvarez no próximo dia 12, na luta principal do UFC 205, valendo o cinturão dos leves. Almejando ser o primeiro lutador da organização a ser o detentor de dois cinturões ao mesmo tempo, o irlandês comentou sobre a possibilidade de abrir mão de uma de suas conquistas, e a resposta, como era de se esperar, trouxe mais uma vez toda a sua ousadia.

"Abdicar? Eu não sei, vamos ver isso. Por que não defender ambos? Eu luto toda semana. Eu acabei de lutar semana passada. Então, posso defender ambos”, disse McGregor em uma conferência por telefone para promover o UFC 205, contando que irá vencer o duelo do próximo sábado e com a possibilidade manter os dois títulos.

Mais UFC 205: Woodley será teste duro para Thompson | Rashad pronto para recomeçar | As 10 melhores lutas em novembro | Pitbull pronto para morder | Alvarez sabe como vencer McGregor | Os números de Tate x Pennington | Weidman x Romero | Gastelum x Cerrone | Prévia do card preliminar

O campeão dos penas também analisou como é participar do primeiro card na história de Nova York e acredita que o evento tem tudo para ser o maior da história da organização.

"Eu vou lá e farei o show. Vamos curtir o momento agora porque demorou muito para chegar aqui. Tanto para o UFC chegar a Nova York e agora estamos aqui. Estamos aqui com um potencial campeão com dois cinturões. Uma superluta, campeão contra campeão, primeira vez que um campeão subiu. Todos são momentos históricos”, completou.

Assine o Canal Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC