Pular para o conteúdo principal

McGregor projeta futuro: Aldo, estádio na Irlanda e título peso-leve

Campeão interino relembrou período agitado antes do UFC 189


Conor McGregor tem compromisso para 12 de dezembro, quando encara José Aldo na luta principal do UFC 194, em Las Vegas (EUA), mas isso não impede o peso-pena de fazer planos ambiciosos para seu futuro.

"José em dezembro, Croke Park (estádio de futebol na Irlanda) em abril ou maio, e então o UFC 200. Talvez uma luta pelo título peso-leve. Eu não sei", declarou o irlandês ao podcast The MMA Hour.

Leia tambémAldo dispara contra McGregor | Mendes aposta em Aldo | McGregor mira Edgar

Há quase dois meses, McGregor conquistou o cinturão interino da divisão até 66kg. Nos dias que antecederam o UFC 189, ele escolheu a palavra "capitalizar" para definir o momento que estava vivendo. O período foi agitado, com a lesão de Aldo dias antes do evento e a entrada de Chad Mendes como adversário, mas o irlandês seguiu com seu mote, capitalizou sobre a situação e conquistou o título, revelando depois que competiu lesionado.

Agora, meses antes de enfrentar o manauara, McGregor escolheu uma nova palavra para esta fase.

"Acho que a palavra, desta vez, é unificar. Vou unificar os cinturões, vou silenciar os críticos, vou acabar com o José. Vamos ver o que as pessoas vão falar. Quando treino em casa, eu entro no octógono feito um animal. Na última luta, com tudo o que aconteceu, eu basicamente entrei no octógono em uma perna só. (...) Eu não conseguia andar. Teve uma época em que eu não conseguia ficar de pé. Só voltei a chutar faltando duas semanas para a luta. Eu me lesionei na turnê mundial, treinando com desconhecidos em uma atmosfera competitiva", declarou McGregor, que culpou os treinos com integrantes de outras academias pela lesão que tirou Aldo do UFC 189.

Igressos à venda para o UFC SP | Visite a UFC StoreBaixe o aplicativo do UFC | Assine o Canal Combate

"Ele lesionou a costela porque trouxe uma pessoa de fora para imitar meu estilo, que jogou um chute giratório preguiçoso que o acertou. Eu vi um vídeo. Sei de absolutamente tudo sobre aquela academia. Espero que ele tenha aprendido sua lição, porque você aprende com lesões. Você tem um maior entendimento sobre a preparação. Espero que ele apareça no dia para que eu unifique os cinturões e conquiste aquela primeira posição entre os melhores peso por peso, que me pertence".

Apesar das provocações, McGregor adotou um tom mais brando para falar sobre o rival, mas não deixou de alfinetar Aldo, dizendo que o brasileiro se afastará novamente do confronto.

"Eu desejo o bem ao José. Espero que ele tenha uma preparação segura, treine de maneira inteligente. (...) Se eu acho que ele vai aparecer para lutar? Não, e eu raramente estou errado. Como sempre, eu estarei lá, assim como os números que eu atraio. Não vou dizer que ele não vai aparecer, porque espero que ele apareça", disse.