Pular para o conteúdo principal

Miesha Tate acusa Ronda de mudar de peso para fugir de Cris Cyborg

Ex-desafiante relembrou início de campeã no peso-pena


Um dos duelos mais aguardados da história do MMA feminino, o confronto entre Ronda Rousey e Cris Cyborg ainda não saiu do papel por conta da diferença de peso entre as atletas. Campeã peso-pena do Invicta FC, a brasileira está trabalhando para descer ao peso-galo e encarar a dona do título do UFC, mas o corte de peso é motivo de discórdia entre as atletas.

Cyborg descerá de peso em sua próxima luta | Protagonistas do UFC 193 fazem encaradas | Ronda Rousey é eleita a melhor atleta da história

A luta, no entanto, poderia ter acontecido quando Ronda ainda competia na divisão até 66kg. Uma de suas grandes rivais, Miesha Tate relembrou o início de 'Rowdy' no peso-pena, e declarou ao programa UFC Tonight que a norte-americana só desceu de peso para fugir da brasileira.

"No começo de sua carreira era 66kg e só 66kg. Parece que quando a conversa sobre enfrentar a Cyborg ficou séria, ela falou 'não, vou descer para 61kg'", disse a lutadora, que propôs um duelo em peso combinado.

"É claro que ela é a campeã, mas a Cyborg também é. Elas são duas campeãs dominantes separadas por uma divisão de peso. Para mim, faz sentido que elas se encontrem no meio".

Ronda retorna ao octógono em 14 de novembro, quando encara Holly Holm no UFC 193. Já Cyborg volta aos cages no mesmo mês, em luta casada nos 63,5kg - cada vez mais perto do peso da norte-americana. 

Garanta seu ingresso para o UFC São Paulo
Assine o Canal Combate
Baixe o aplicativo do UFC