Pular para o conteúdo principal

Miocic arrasa Hunt com mais de 350 golpes

12 lutas, apenas duas por decisão, e inúmeros nocautes e finalizações abrilhantaram o UFC Adelaide 

ADELAIDE, Austrália – Na madrugada de domingo (no Brasil), Stipe Miocic provou, mais uma vez, que ocupa a posição entre os tops da temida divisão peso-pesado do UFC com imenso mérito. Na luta principal do UFC Adelaide, que aconteceu no Adelaide Entertainment Centre, habilidoso americano-croata utilizou seu boxe para encurtar e abusou dos single legs para derrubar o raçudo Mark Hunt, e conquistar uma vitória por TKO, interrupção do árbitro, aos 2m47s do quinto e último assalto.

No começo do aguardado duelo, Miocic até deixou Hunt imaginando que partiria para uma trocação franca, mas uma queda – que o Super Samoano conseguiu voltar em pé de forma ligeira – já dava indícios que toda que vez que a luta ficasse aberta durante a troca de golpes, Miocic derrubaria.

Um single leg atrás do outro, e um cardio aliado ao ground and pound pesado, foram ditando o ritmo da luta em favor de Miocic, que minou a resistência de Hunt e avariou bastante o rosto do lutador favorito do público presente.

Apesar das vaias que ecoavam pela arena a cada queda aplicada por Miocic, ele se manteve comprometido com a estratégia, chegando a montar no terceiro assalto de castigar bastante o rosto do ex-campeão do K-1 GP. A luta, nesse round, ficou prestes a ser interrompida, porém o árbitro apenas alertou para que Hunt se defendesse e reagisse.

Bastante cansado, Hunt teve poucos momentos onde realmente conseguiu desferir seus perigosos golpes, mas diante de um Miocic determinado e com a tática perfeita, ele acabou sucumbindo após mais uma queda e uma saraivada de golpes que forçaram o árbitro a dar fim ao combate. Miocic foi tão superior durante os quase 25 minutos de lutas, que bateu o recorde de golpes deferidos, 361 petardos!

Nas outras lutas do card principal, James Vick mostrou que guilhotina é seu forte, aproveitando uma certa afobação da promessa Jake Matthews para finalizar com um estrangulamento. Robert Whittaker e Sean O’Connel fizeram uma disputa pessoal (não declarada) de quem nocauteava mais rápido, e o vencedor do TUF Smashes levou a melhor ao apagar Brad Tavares em pouco mais de 40 segundos, contra os 56 de O’Connel contra Anthony Perosh.

Resultados:
-Card Principal-
Stipe Miocic bateu Mark Hunt por TKO – Round 5, 2:47
Robert Whittaker nocauteou Brad Tavares – Round 1, 0:44
Sean O'Connell bateu Anthony Perosh por TKO – Round 1, 0:56
James Vick finalizou Jake Matthews (guilhotina) – Round 1, 4:53

-Card Preliminar-
Dan Hooker nocauteou Hatsu Hioki – Round 2, 4:13
Kyle Noke bateu Jonavin Webb por decisão dividida (27-30, 29-28, 29-28)
Sam Alvey bateu Dan Kelly via TKO– Round 1, 0:49
Bec Rawlings finalizou Lisa Ellis (mata-leão) – Round 1, 4:09
Bradley Scott finalizou Dylan Andrews (guilhotina) Round 2, 4:54
Alex Chambers finalizou Kailin Curran (armlock) – Round 3, 3:15
Brendan O’Reilly bateu Vik Grujic por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Ben Nguyen bateu Alptekin Ozkilic por TKO – Round 1, 4:59