Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Na cola da campeã, Jessica Bate-Estaca aponta brechas de Joanna Jedrzejczyk

Brasileira é a quinta colocada no ranking do peso-palha


Jessica Andrade, a “Bate-Estaca”, definitivamente se encontrou no peso-palha. Desde a mudança de categoria, no primeiro semestre de 2016, foram duas vitórias: nocaute sobre Jessica Penne, e finalização contra Joanne Calderwood, triunfos que colocaram a brasileira na 5ª posição do ranking da divisão.
Aos 25 anos, Jessica é cotada como uma boa candidata à disputa de título contra Joanna Jedrzejczyk em 2017, e enxerga brechas a explorar contra a polonesa.
“Da luta com a Claudinha (Gadelha, em julho deste ano), para cá, vi que a Joanna deu uma desmotivada”, disse Jessica em entrevista ao portal Ag. Fight, “Nessa última luta, ela estava um pouco mais lenta. O ‘punch’ dela não é muito forte. E percebi também que, quando ela toma porrada, se for um pouco mais forte, ela cai. Tenho boas oportunidades. Quando acontecer, vamos montar uma estratégia sinistra e pegar ela”.
Assine o Canal Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC