Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Olho Neles! As promessas do UFC 209

Selecionamos três atletas que podem se destacar no evento do próximo sábado

Pela primeira vez em 2017, o octógono será montado em Las Vegas para o UFC 209, que será liderado por duas disputas de cinturão entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, pelo título interino dos leves, e entre Tyron Woodley e Stephen Thomspon, que resolverão suas diferenças pelo título dos meio-médios.
Garanta já o seu ingresso para o UFC Fortaleza, em 11 de março
Além dos dois combates, o evento deste final de semana terá ainda nomes conhecidos como Alistair Overeem, Mark Hunt e Rashad Evans, além de nomes que já passaram por esta lista como Mirsad Bektic e Lando Vannata.
Mas as festividades não estariam completas sem algumas promessas que buscam seguir os passos de Bektic e Vannata e se firmarem no octógono com boas performances no próximo sábado.
Mais UFC 209: Woodley e Thomspon discutem revanche | Clima tenso entre Khabib e Ferguson | Confira a playlist do evento no Youtube
Olho Neles!

Luke Sanders
Em janeiro de 2016, Sanders fez sua estreia no Ultimate pegando uma luta de última hora contra Maximo Blanco. Após sobreviver a um início conturbado, ele se recuperou e conseguiu uma finalização.
A vitória aumentou para 11-0 o cartel do lutador e o colocou no radar das promessas, mas lesões o mantiveram afastado pelo restante do ano.
Neste sábado, Sanders retorna à sua divisão natural peso-galo e enfrenta o brasileiro Iuri Marajó em uma luta que pode colocá-lo instantaneamente na parte de cima da categoria. Se conseguir repetir o que fez com Blanco, Sanders entrará no Top 15 após a atualização dos rankings.

Tyson Pedro e Paul Craig
Os dois meio-pesados vêm de vitórias por finalização que receberam bônus de “Performance da Noite” em suas estreias, e se enfrentam no que deve ser um duelo interessante.
Pedro foi o primeiro a pisar no octógono e estreou vencendo Khalil Rountree no primeiro round no final de novembro. Após vencer oponentes inexpressivos em suas primeiras lutas, era difícil saber o que esperar do australiano, mas o triunfo sobre Rountree provou que ele pode fazer barulho entre os meio-pesados.
Três semanas depis, foi a vez de Craig estrear dando ao brasileiro Henrique Frankenstein a primeira derrota de sua carreira. O triunfo aumentou para 9-0 o cartel do escocês, e fez dele uma das principais ameaças emergentes na divisão.
Com a categoria em fase de transição, este é o melhor momento para Pedro e Craig buscarem se consolidar. Recentemente, o estreante Volkan Oezdemir entrou no Top 10 ao vencer Ovince Saint Preux, e Jared Cannonier entrou no Top 15 por aguentar 15 minutos contra Glover Teixeira.
Se um destes dois conseguir uma vitória espetacular, não será surpresa que consiga uma próxima luta contra um nome bem conhecido.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC