Pular para o conteúdo principal
Atletas

Os melhores de 2019: Alex Volkanovski

Relembre os atletas que mais se destacaram no Octógono neste ano

Muito se debate no mundo do MMA se o posto de melhor peso-pena de todos os tempos pertence a José Aldo ou Max Holloway. Pois Alex Volkanovski, que termina 2019 como dono do cinturão dos 66 Kg, venceu ambos neste ano.

Os Melhores de 2019: Israel Adesanya | Henry Cejudo | Amanda Nunes | Jorge Masvidal | Kamaru Usman | Valentina Shevchenko | Weili Zhang | Jairzinho Rozenstruik | Destaques Brasileiros

Após nocautear o duríssimo Chad Mendes no último evento de 2018, Volkanovski recebeu a difícil missão de encarar o “Rei do Rio” em seu território no UFC 237, em maio. O duelo de 15 minutos pode não ter sido o mais bonito já visto no Octógono, mas teve o australiano como claro vencedor, na 1ª derrota de Aldo no UFC em uma luta sem título em disputa.

Confira a entrevista de Volkanovski no UFC 237

O australiano Alexander Volkanovski venceu o brasileiro José Aldo na terceira luta mais importante do UFC 237, no Rio de Janeiro.


Este triunfo colocou Alexander “O Grande” na linha de frente para brigar pelo cinturão dos penas, e o embate com Max Holloway finalmente se materializou no UFC 245, em dezembro.

O havaiano estava invicto há nada menos que 14 lutas na categoria, tendo superado boa parte da elite da divisão como Aldo, Frankie Edgar, Brian Ortega, Cub Swanson, Ricardo Lamas, Jeremy Stephens e Charles do Bronx.

Mas o currículo de nada vale quando a porta do Octógono se fecha, e com uma estratégia certeira e uma execução impecável, Volkanovski deu um fim ao bom momento de Holloway, vencendo por decisão unânime e assumindo o trono da divisão.

Veja como foi a vitória de Volkanovski no UFC 245
Brasil

Como se diz no mundo das lutas, mais difícil do que conquistar um cinturão é mantê-lo, e nomes como Zabit Magomedsharipov, Yair Rodriguez, Renato Moicano entre outros estarão mais do que interessados em testar a capacidade de o australiano defender seu título em 2020.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube