Pular para o conteúdo principal
Especiais

Panorama da Divisão: peso-pena | Abril de 2022

Confira a situação atual dos principais nomes da categoria e o que esperar em um futuro próximo

Alexander Volkanovski teve mais uma defesa de cinturão bem sucedida no UFC 273. O australiano dominou o combate contra o Zumbi Coreano e se manteve no topo da categoria dos penas. Confira como fica a situação dos principais nomes da categoria.

Alexander Volkanovski comemora a vitória no UFC 273

Alexander Volkanovski comemora a vitória no UFC 273. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Cartel: 24-1 (12 nocautes, 3 finalizações)
Última luta: vitória por nocaute técnico contra Zumbi Coreano (9/4/2022)
Próxima luta: a definir

O campeão Alexander Volkanovski pareceu melhor do que nunca no UFC 273. O australiano mostrou uma técnica apurada na luta em pé, muita velocidade e dominou o Zumbi Coreano, conquistando sua 11ª vitória no Octógono e a 3ª defesa de cinturão. Ainda não há um novo adversário para o lutador, mas antes o sul-coreano substituiu Max Holloway na luta pelo título. Quem sabe teremos uma trilogia.

1) Max Holloway

Max Holloway bate no peito durante a luta com Calvin Kattar

Max Holloway bate no peito durante a luta com Calvin Kattar. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC)


Cartel: 23-6 (10 nocautes, 2 finalizações)
Última luta: vitória por decisão unânime contra Yair Rodriguez (13/11/2022)
Próxima luta: a definir

Ex-campeão da categoria, o havaiano Max Holloway segue impressionando em suas lutas. O peso-pena superou Calvin Kattar em janeiro de 2021 em uma verdadeira aula na luta em pé e mostrou o mesmo domínio contra Yair Rodriguez em novembro do ano passado. Ele segue na perseguição de uma trilogia contra o campeão, Alexander Volkanovski.

2) Brian Ortega

Brian Ortega se prepara para lutar no UFC 266

Brian Ortega se prepara para lutar no UFC 266. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Cartel: 15-2, 1 NC (3 nocautes, 7 finalizações)
Última luta: derrota por decisão unânime contra Alexander Volkanovski (25/9/2021)
Próxima luta: a definir

Brian Ortega chegou perto de ser campeão em seu duelo contra Alexander Volkanovski, mas o australiano escapou das tentativas de finalização de "T-City" e o desafiante acabou derrotado. Apesar do revés, o peso-pena continua prestigiado na organização. Ortega possui um grande repertório de finalizações e suas únicas derrotas foram justamente em lutas valendo o cinturão. Ainda não há um próximo desafio marcado para o atleta.

3) Yair Rodriguez

Yair Rodriguez se prepara para sua luta no UFC Vegas 42

Yair Rodriguez se prepara para sua luta no UFC Vegas 42. (Foto por Chris Unger/Zuffa LLC)


Cartel: 14-3, 1 NC (5 nocautes, 3 finalizações)
Última luta: derrota por decisão unânime contra Max Holloway (13/11/2022)
Próxima luta: a definir

O mexicano Yair Rodriguez vem de derrota contra Max Holloway em sua última luta, mas apesar do revés, ele mostrou durante 25 minutos o motivo de ser um dos lutadores favoritos dos fãs e também um dos mais talentosos da categoria. Rodriguez ainda não tem um duelo marcado, mas seria um desafio complicado para qualquer atleta da divisão.

Calvin Kattar comemora sua vitória no UFC Vegas 46

Calvin Kattar comemora sua vitória no UFC Vegas 46. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images)


Cartel: 23-5 (11 nocautes, 2 finalizações)
Última luta: vitória por decisão unânime contra Giga Chikadze (15/1/2022)
Próxima luta: a definir

Depois de conquistar duas vitórias consecutivas, Calvin Kattar teve sua ascensão interrompida pelo ex-campeão Max Holloway em janeiro de 2021. O norte-americano voltou ao Octógono em janeiro deste ano e teve uma vitória dominante contra Giga Chikadze. Tirando Holloway, Kattar ainda não enfrentou ninguém do Top 5, sendo um desafio interessante a qualquer um da divisão.

5) Zumbi Coreano

Cartel: 17-7 (6 nocautes, 8 finalizações)
Última luta: derrota por nocaute técnico contra Alexander Volkanovski (9/4/2022)
Próxima luta: a definir

Popularmente conhecido como "Zumbi Coreano", Chan Sung Jung teve a oportunidade de lutar pelo cinturão contra Alexander Volkanovski, mas o peso-pena foi dominado durante três rounds até ser nocauteado no 4º. Apesar da derrota, ele continua sendo um dos lutadores favoritos dos fãs. Jung deixou seu futuro em aberto na entrevista pós-luta do UFC 273, dizendo que precisa examinar a carreira por achar que foi sua última chance de lutar pelo título.