Pular para o conteúdo principal
Resultados

Pedro Munhoz vence Jimmie Rivera em grande estilo no UFC Vegas 20

Brasileiro castigou o rival com chutes nas pernas durante todo o duelo

Pedro Munhoz voltou a vencer no Octógono. O brasileiro teve uma grande atuação e superou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28) no UFC Vegas 20, realizado neste sábado (27), no UFC Apex. Munhoz mostrou novamente sua evolução na luta em pé e castigou as pernas de Rivera com diversos chutes.

"Jimmie e eu nos tornamos bons amigos depois da primeira luta que tivemos. Para mim foi uma honra mostrar novamente uma luta tão boa. Ele é muito duro e minha pernas também doíam quando ele me chutava de volta. Tenho lutado com os melhores do mundo e mesmo minhas derrotas foram acirradas contra os principais lutadores da categoria. Definitivamente, é muito bom trazer a vitória de volta para casa."

Mais UFC Vegas 20: Gané supera Jairzinho por decisãoThiago Moisés vence no card preliminar | Todos os resultados | Bônus da noite | Personalidades reagem ao triunfo de Gané | Pontuações dos juízes

Os dois atletas começaram trocando golpes de forma franca. O brasileiro utilizava mais os chutes, enquanto Rivera acertava diretos. Ambos acertavam golpes limpos, mas também absorviam bem os danos. Os chutes nas pernas que Pedro aplicava começavam a fazer efeito, com Rivera perdendo o equilíbrio.

A luta foi para o solo no início do segundo round, com ambos buscando uma chave de calcanhar, mas logo voltou a ficar em pé. Rivera acusava os golpes nas pernas, mas levava perigo nos contra-golpes. 

Rivera partiu com tudo para cima no terceiro round e levou perigo, mas o brasileiro absorveu bem os golpes e faturou o duelo na decisão dos juízes.

"Sheetara" empata com Montana de la Rosa

Fechando os atletas brasileiros presentes no card principal do evento, Mayra "Sheetara" fez uma grande luta contra Montana de la Rosa, mas teve um ponto deduzido por segurar a grade em uma tentativa de queda, no primeiro round, e empatou de forma majoritária com a rival. A brasileira foi mais perigosa em todo o duelo, especialmente com os chutes, joelhadas e cotoveladas no clinch, mas venceu o duelo apenas para um dos três juízes laterais.

"O árbitro deve dizer algo antes de marcar um ponto, então eu não gostei disso, mas vou voltar para a academia e treinar mais. No momento, só quero relaxar e passar um tempo com minha família. Quero voltar para minha casa e aproveitar o tempo com eles", falou a brasileira.

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube