Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Quem foram os grandes vencedores do UFC Glasgow?

 


1 - Santiago Ponzinibbio
É a luta com a qual todos os veteranos do UFC sonham: uma luta principal contra um nome consolidado que pode levá-lo de um atleta mediano a uma ameaça real na divisão. Santiago Ponzinibbio teve esta luta em Glasgow e tirou proveito da oportunidade, vencendo Gunnar Nelson no primeiro round. Foi uma virada de mesa para o argentino, que pode não ser o melhor striker entre os meio-médios, como ele mesmo disso, mas está definitivamente entre eles ao lado de nomes como Stephen Thompson, Robbie Lawler e Donald Cerrone. Então, por que não escalá-lo para enfrentar um deles no futuro e deixar que eles mesmos decidam?
Mais UFC Glasgow: Ponzinibbio e Nelson confraternizam após luta | Leslie pede duelo com brasileira | Os premiados da noite | Confira todos os resultados
2 - Paul Felder
Paul Felder tinha todas as desculpas para perder para Stevie Ray no domingo. Ele estava lutando contra um atleta da casa na Escócia e havia perdido seu pai logo antes de a preparação para o combate começar. Mas Felder apareceu ao SSE Hydro não apenas pronto para lutar e vencer, mas para deixar uma marca, e fez isso com um nocaute devastador no primeiro round sobre Ray, que levou o “Dragão Irlandês” à sua quarta vitória nas últimas cinco lutas. E apesar de ter que trabalhar como comentarista no “Dana White’s Tuesday Night Contender Series” pelo resto do inverno, um duelo contra um dos melhores pesos-leves deve ser seu próximo compromisso na primavera.
3 - Neil Seery
Neil Seery não venceu a última luta de sua carreira, e méritos para o brasileiro Alexandre Pantoja pela excelente performance, mas o irlandês conquistou um lugar na lista pela bela carreira que teve. Talvez o atleta de 37 anos tenha começado tarde demais no MMA para conseguir uma campanha relevante pelo título dos moscas, mas, em todas suas lutas, ele deu seu melhor e garantiu que cada oponente soubesse que aquilo era uma verdadeira batalha. Some a isso a classe e elegância que sempre demonstrou, e, ganhando ou perdendo, certamente sua falta será sentida no mundo das lutas.

4 - Galore Bofando
Quando a equipe de transmissão do evento em Las Vegas diz que alguém foi “Bofandado”, você sabe que tem uma interessante adição à divisão dos meio-médios. O inglês Galore Bofando tem um nome difícil de esquecer, e parece que seu estilo de luta é igualmente atrativo. Mas foi seu nocaute sobre Charlie Ward que atordoou todos em Glasgow e ao redor do mundo. Vai ser interessante ver o que virá a seguir para o kickboxer.
5 - Leslie Smith
Ganhando ou perdendo, Leslie Smith é sempre uma atração quando luta, e apesar de seu cartel de 10-7-1 não assustar ninguém na divisão peso-galo, o que deve intimidar as oponentes é o fato de que a “Apaziguadora” vai para cima do início ao fim quando a porta do octógono se fecha. Sua vitória no domingo sobre Amanda Lemos foi uma típica demonstração na qual Smith tomou alguns golpes, derramou algum sangue, e continuou atacando até ter sua mão levantada no fim. Smith contra Bethe Correia? Eu topo.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC