Pular para o conteúdo principal
Resultados

Raio-X: Khabib x Poirier

Confira os números da vitória do campeão peso-leve no UFC 242

Alcançar a marca de 12 vitórias seguidas no UFC é um feito e tanto. Fazer isso enquanto mantém um cartel invicto com 28 triunfos na carreira é algo que só Khabib Nurmagomedov conseguiu até agora.

No último sábado o campeão peso-leve finalizou Dustin Poirier no terceiro round e manteve sua coroa na divisão até 70kg. O que chama a atenção, no entanto, é a dominância que o russo teve com o adversário que chegou embalado em vitórias por nocaute sobre Anthony Pettis, Justin Gaethje e Eddie Alvarez, e uma decisão em cinco rounds sobre Max Holloway.

Vamos aos números da batalha?

Veja também: Poirier: "Caído, mas não derrotado"Dana aponta Ferguson e McGregor como desafiantes para Khabib

Quedas, quedas e mais quedas

Khabib é o recordista de quedas em uma única luta no UFC. Foram 21 quedas em Abel Trujillo em maio de 2013, no UFC 160.

Contra Poirier o número não foi tão acachapante, mas ainda assim foi alto. Em pouco mais de 12 minutos de luta, Khabib completou sete quedas em oito tentativas – um aproveitamento de 87%. Três foram no primeiro round, outras três no segundo e a última no terceiro.

Khabib Nurmagomedov mais uma vez deu show no octógono. O campeão dos leves finalizou Dustin Poirier no 3º round do #UFC 242, unificou os cinturões da categoria e manteve a sua invencibilidade, agora com 28 vitórias. E Vitor Miranda também analisou esse duelo. Confira!

Brasil

Golpes por posição

Com tanto do combate acontecendo na luta agarrada que Khabib impôs, é natural que boa parte dos golpes tenham acontecido no clinche ou no ground and pound.

Para o russo, foram 11 golpes significativos no solo (7 no R1 e 4 no R2) e apenas um no clinche (R2), além de 10 na distância (8 no R2 e um em cada round remanescente). Por outro lado, Poirier conseguiu 12 golpes significativos na distância (2 no R1, 8 no R2 e 2 no R3), e nenhum no solo ou no clinche. Isso comprova o quanto o campeão linear não deu espaço ao então campeão interino.