Pular para o conteúdo principal

Rankings: McGregor alcança o 4º lugar nos penas

 


 
Apenas dois dias depois de vencer Dennis Siver e tornar-se oficialmente o próximo desafiante ao cinturão dos penas, que pertence ao brasileiro José Aldo, Conor McGregor deu um salto e ganhou uma posição após a última atualização dos rankings oficiais do UFC.
 
- Confira os rankings oficiais completos do UFC

McGregor deixou a quinta posição e subiu para o quarto lugar, passando Cub Swanson e ficando atrás de Chad Mendes (1º), Frankie Edgar (2º) e Ricardo Lamas (3º).

Com a derrota, Siver saiu do top 10, ocupando agora a 12ª posição, permitindo assim que Jeremy Stephens e Clay Guida ganhassem uma posição cada.
 
- Viaje com o Hotel Urbano e assista às lutas do UFC de perto

Na coletiva de imprensa pós-UFC Boston, na madrugada de segunda-feira, o presidente do UFC, Dana White, disse que McGregor "é o cara".

"Olhe para as coisas que ele é capaz de fazer", disse White. "Dennis Siver era um lutador top 10, que derrotou um monte de gente no UFC. Ele esteve em grandes lutas...e Conor foi incrível. Ele é o cara. Você viu, você sabe exatamente o que estou falando. Meu telefone estava explodindo com as pessoas dizendo que esse garoto é o cara."

Em outra mudança significativa nos rankings, TJ Dillashaw subiu para o sétimo lugar na lista peso-por-peso, deixando a campeã peso-galo, Ronda Rousey, e o lendário Anderson Silva em oitavo e nono, respectivamente.
 
- Assine o Canal Combate e acompanhe todas as edições do UFC em 2015

Donald “Cowboy” Cerrone e Benson Henderson se mantiveram aonde estavam, ocupando o terceiro e o quinto lugar na categoria dos leves, mesmo após Cerrone vencer por decisão.

Fora do top 15 de cada divisão, tivemos algumas movimentações interessantes, baseadas nos resultados do UFC Boston.

Lorenz Larkin recebeu dois votos depois de seu nocaute impressionante contra John Howard na divisão dos meio-médios. Paddy Holohan recebeu diversos votos após sua vitória contra Shane Howell, mas ainda ocupa da 23ª posição nos moscas.

Uriah Hall ganhou a terceira seguida em Boston e subiu para o 16º lugar nos médios, quase chegando no top 15. Gleison Tibau também conquistou algumas posições, ocupando o 19º posto nos leves.