Skip to main content

Recap do Episódio #12 do TUF Brasil

O The Ultimate Fighter Brasil vai chegando ao seu final, e no episodio de hoje o segundo atleta a competir pelo título peso pena sai da luta entre Hugo Wolverine (Time Vítor) e Rony Jason (Time Wanderlei).

Com os ambientes pré-luta dos dois times sendo exibidos; as expectativas dos técnicos foram diferentes daquelas demonstradas por Hugo Wolverine e Rony Jason. Enquanto os comandantes enxergam a usual guerra de vontades, Jason deixa claro que apesar de saber que o adversário não vai lutar no solo, ele não pretende evitar a luta em pé. Já Wolverine declara que vai usar suas fortes mãos e seu taekwondo para soltar os chutes em busca de conectar seus golpes.   

Enclausurados durante a temporada do TUF Brasil, os semifinalistas, e seus colegas de elenco, já vão demonstrando aquela saudade de amigos e familiares fora da casa. Eles mal podem esperar para definir a última final do peso pena e do médio para reencontrar quem ficou do lado de fora.   

A visita dos gêmeos brasileiros do UFC, Minotauro Nogueira e Rogério "Minotouro" Nogueira, anima o ambiente com todo carisma que esses dois astros do Octógono possuem. Usando a camisa verde do Time Vítor, Minotauro começou brincando ao reclamar que estava p*** por terem "tomado" seu treinador, Luiz Dórea, para participar da casa. Jason, pupilo do Team Nogueira, provocou os irmãos falando que não dava para os dois vestirem apenas a camisa verde (Time Vítor). Fabrício Werdum forçou logo a barra e colocou a camisa azul em Minotouro, tudo em um clima de muita descontração. 

Em uma passagem pela casa, enquanto um futebolzinho rola na sala, no melhor estilo ‘não deixe seus filhos repetirem isso’, Jason e Wolverine estão em sintonias diferentes. O representante do Time Wanderlei estava dando o gás final nos ajustes, e o pupilo de Vítor buscava bolar a estratégia da luta com Daniel Sarafian. 

Uma segunda visita ilustre motivou os participantes, o ex-campeão do Pride GP e meio-pesado do UFC, Shogun Rua. Ele teve noção de quantos lutadores são fãs do seu trabalho. E Anistávio Gasparzinho foi o que mais celebrou a visita de seu ídolo que também foi até o CT para assistir a luta entre Jason e Wolverine. 

O combate - após 40 segundos de estudo - Wolverine tomou a iniciativa com socos, bloqueados por Rony que logo em seguida aplicou um low kick enquanto seu adversário tentava o contra-ataque com mais socos. As trocas francas de golpes, com direito as joelhadas voadoras de Jason, mostravam para os dois que qualquer erro poderia ser fatal diante do equilíbrio do duelo. Wolverine apresentava um pequeno sangramento no nariz, e acidentalmente enfiou o dedo no olho de Jason. A luta foi interrompida para que o árbitro conferisse e, na volta, a troca de petardos se manteve inalterada. O segundo assalto começou quase igual ao primeiro, dessa vez eles demoraram mais do que 40 segundos para soltar algum golpe que atingisse o adversário. Um chute frontal desferido por Jason no rosto conectou e Wolverine sentiu. O membro do Time Wanderlei foi para cima com tudo - num misto de afobação e vontade de definir - ele perseguiu e desequilibrou Hugo Wolverine mais uma vez. Wolverine conectou um super-man punch que abriu um corte no olho de Rony. Mas o duelo estava repleto de equilíbrio, e Jason tinha conseguindo a vantagem com esses golpes e com a queda no fim do round. O ritmo do embate diminuiu no ultimo assalto, e as trocas de golpes não conectaram tanto quanto nos 10 minutos anteriores. Jason conseguiu uma queda no fim, após lançar alguns socos antes do sino indicar o término da luta. E Rony Jason levou a melhor por decisão unânime. 

"Todo mundo falava do excelente boxe de Huguinho, então eu fiz questão de fazer a luta em pé também, para mostrar que tenho trocação também," disse o vencedor Jason. "Vou fazer questão das lutas demorarem, que são bem mais empolgantes. Comemorei muito, me diverti lá dentro." 

Jason ainda demonstrou a vontade que tem de tirar seu irmão Yuri da dependência química e, emocionado, dedicou a vitória para ele.

Primeira final do The Ultimate Fighter Brasil definida para o UFC 147 no dia 23 de junho: Rony Jason vs. Godofredo Pepey.

Agora é ficar na expectativa para a semana que vem, com a última semifinal da casa envolvendo Thiago Bodão e Cézar Mutante. Quem vai perder essa guerra?