Pular para o conteúdo principal
Jan Blachowicz of Poland and Magomed Ankalaev of Russia face off prior to their UFC light heavyweight championship fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)
Resultados

Resultados | UFC 282: Blachowicz x Ankalaev

Confira os resultados oficiais do UFC 282: Blachowicz x Ankalaev, realizado no último sábado (10) em Las Vegas

No duelo que deveria coroar o novo campeão dos meio-pesados Jan Blachowicz e Magomed Ankalaev empataram na luta principal do UFC 282, realizado no último sábado (10) em Las Vegas. Um dos jurados apontou vitória para cada um dos atletas, enquanto o terceiro marcou empate em 47 a 47. Confira abaixo todos os resultados do card.

Resultados Oficiais | UFC 282: Blachowicz x Ankalaev

Card Principal

Card Preliminar

Veja os cartões de pontuação oficiais do UFC 282

Cameron Saaiman nocauteia Steven Koslow no 3º round

    Cameron Saaiman aplica joelhada em Steven Koslow no UFC 282, em dezembro de 2022 (Carmen Mandato/Zuffa LLC)

    Devido à perda de um ponto por uma joelhada ilegal, Cameron Saaiman entrou pressionado para o 3º round da luta de abertura do card, contra Steven Koslow pelo peso-galo, mas o estreante deu conta do recado e não deixou o duelo nas mãos dos jurados, vencendo por nocaute técnico.

    Saaiman e Koslow faziam um duelo "lá e cá" até a metade do 2º assalto, quando Saaiman aplicou o golpe ilegal. Koslow optou por seguir no duelo e Saaiman teve um ponto deduzido, fazendo com que uma vitória por decisão se tornasse improvável.

    Na última parcial, Saaiman aumentou o ritmo e se aproveitou do cansaço de Koslow para conseguir uma raspagem e ir às costas do adversário. Koslow tentou sobreviver, a luta ficou em pé e Saaiman conectou diversos golpes limpos, obrigando o árbitro Chris Tognoni a intervir e encerrar o combate a menos de um minuto do fim.

    Foi uma grande vitória para o sul-africano de apenas 21 anos, que mantém sua invencibilidade e amplia seu cartel para 7-0.

    TJ Brown finaliza Erik Silva no 3º round

    TJ Brown finaliza Erik Silva com um katagatame no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    TJ Brown mostrou ao colega de Dana White's Contender Series, Erik Silva, que a experiência conta dentro do Octógono, e venceu o estreante por finalização no 3º round, voltando assim à coluna das vitórias.

    Brown acertou Silva com um golpe limpo de direita no início do combate e, a partir daí, os pesos-pena engajaram em um duelo de luta agarrada. Silva até teve seus momentos, mas Brown foi mais estratégico e levou vantagem, tendo longas sequências de controle posicional, buscando finalizações e conectando golpes esporadicamente.

    Na reta final do combate, Brown conseguiu encaixar um katagatame, obrigando Silva a bater em desistência e conquistando sua terceira vitória nas últimas quatro lutas, sendo a primeira por finalização no Ultimate.

    Billy Quarantillo nocauteia Alexander Hernandez no 2º round

    Billy Quarantillo conecta soco em Alexander Hernandez no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Billy Quarantillo punches Alexander Hernandez in a featherweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)


    Billy Quarantillo sofreu um grande corte na testa devido a uma cotovelada no 1º round, mas voltou determinado no assalto seguinte, foi para cima de Alexander Hernandez e conquistou a vitória de virada em duelo pelo peso-pena.

    Hernandez começou bem em sua estreia na nova divisão. No fim da primeira parcial, aplicou uma cotovelada violenta que imediatamente abriu um grande corte na testa de Quarantillo. Mas o sangue não deteve "Billy Q". Conforme Hernandez diminuiu seu ritmo, Quarantillo aumentou a pressão, caminhou para frente e começou a conectar uma série de golpes, até forçar a interrupção do árbitro.

    Após sofrer uma derrota em sua última luta e passar um ano sem pisar no Octógono, o incansável Billy, um dos favoritos dos fãs, consegue uma tremenda reabilitação no Ultimate.

    Chris Curtis nocauteia Joaquin Buckley no 2º round

    Chris Curtis golpeia Joaquin Buckley no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Chris Curtis nunca foi um striker de muito volume, mas sim de muita técnica e poder nas mãos, e após sair atrás no duelo com Joaquin Buckley pelo peso-médio, o veterano conseguiu a virada com um direto de esquerda no contragolpe que levou Buckley ao chão na metade do 2º round. Após mais alguns golpes no chão, o duelo foi interrompido.

    Demorou um pouco para que Curtis chegasse ao UFC, mas aos 35 anos, ele está fazendo o melhor com seu tempo no Octógono. A vitória deste sábado, 30ª em sua carreira, o leva de volta à coluna das vitórias e amplia seu cartel no Ultimate para 3-1.

    Edmen Shahbazyan nocauteia Dalcha Lungiambula no 2º round

    Edmen Shahbazyan punches Dalcha Lungiambula of the Congo in a middleweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Sean M. Haffey/Getty Images)
    Edmen Shahbazyan punches Dalcha Lungiambula of the Congo in a middleweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Sean M. Haffey/Getty Images)

    Edmen Shahbazyan está de volta! Mais de um ano desde sua última aparição, quando sofreu a terceira derrota consecutiva, o "Garoto de Ouro" voltou à ação e à coluna das vitórias neste sábado, nocauteando Dalcha Lungiambula no 2º round.

    Após um round inicial muito paciente, Shahbazyan conectou uma joelhada que abalou Dalcha. Percebendo o veterano atordoado, Edmen aumentou o ritmo e começou a disparar uma variedade de golpes, eventualmente obrigado o árbitro Chris Tognoni a intervir e encerrar o confronto nos instantes finais do 2º assalto.

    Shahbazyan começou sua carreira no UFC com quatro vitórias e em seguida perdeu três lutas seguidas, antes de ficar parado por um ano. Aos 25 anos de idade, ele volta à coluna das vitórias e com a promessa de ser um nome interessante na categoria dos médios.

    Jairzinho Rozenstruik nocauteia Chris Daukaus no 1º round

    Jairzinho Rozenstruik aplica joelhada em Chris Daukaus no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Jairzinho Rozenstruik disse que viria com tudo no UFC 282 e cumpriu sua promessa, conquistando o triunfo por nocaute técnico sobre Chris Daukaus em menos de 30 segundos. Daukaus tentou se defender e encontrar um lugar onde poderia respirar e se recompor, mas Jairzinho não permitiu, o perseguiu e o nocauteou com uma diversidade de golpes.

    Uma performance sufocante de Rozenstruik, que encerra uma sequência de duas derrotas seguidas com seu triunfo mais rápido no UFC até hoje.

    Raul Rosas Jr. finaliza Jason Perrin no 1º round

    Raul Rosas Jr. finaliza Jay Perrin com um mata-leão no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    O lutador mais jovem a competir no Octógono é também o mais jovem a conquistar uma vitória - e foi impressionante. Raul Rosas Jr. não deu sinais de sentir pressão em sua estreia no Ultimate e rapidamente derrubou Jay Perrin, foi às costas e encerrou o confronto com um mata-leão na metade do 1º round.

    Aos 18 anos de idade, Raul provou que pertence ao maior palco do esporte e se consolidou como um dos prospectos mais interessantes do UFC em algum tempo. Com um cartel de 7-0, ele busca quebrar o recorde de Jon Jones e se tornar o campeão mais novo da história do UFC. O primeiro passo foi dado.

    Ilia Topuria finaliza Bryce Mitchell no 2º round

    Ilia Topuria conecta soco de direita em Bryce Mitchell no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)
    Ilia Topuria punches Bryce Mitchell in a featherweight fight during the UFC 282 event at T-Mobile Arena on December 10, 2022 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

    Ilia Topuria permanece invicto. O atleta de 25 anos da Geórgia abriu o card principal do UFC 282 com um triunfo dominante sobre outro prospecto do peso-pena, Bryce Mitchell, por finalização no 2º round.

    Topuria levou a melhor na luta em pé no round inicial, mas Mitchell terminou o assalto por cima no chão, o que certamente lhe deu maior confiança para o próximo assalto. Mas Topuria tinha outros planos, seguiu conectando melhores golpes e defendendo tentativas de queda, até derrubar Mitchell com um golpe certeiro e, no chão, encerrar o duelo com um katagatame.

    Agora com um cartel de 5-0 no UFC e 13-0 na carreira, Topuria deve entrar para o Top 10 do peso-pena na próxima semana, se consolidando com uma promessa em ascensão na categoria.

    Dricus Du Plessis finaliza Darren Till no 3º round

    Dricus Du Plessis comemora após a vitória por finalização sobre Darren Till no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Dricus Du Plessis continuou sua escalada no peso-médio com uma vitória por finalização sobre o então Top 10 da categoria, Darren Till.

    Du Plessis dominou Till no início, encurtando a distância e conectando uma série de golpes na grade que quase fizeram o árbitro Mark Smith interromper o confronto. Till se recuperou no assalto seguinte, mas foi incapaz de defender as tentativas de queda, o que acabaria por ser o fator decisivo do duelo.

    No round final, com o confronto potencialmente em aberto, Du Plessis levou Till ao chão, caindo direto na montada. Alguns golpes depois, o inglês deu as costas ao sul-africano, que rapidamente encaixou um mata-leão para encerrar o embate.

    Com 4-0 no UFC e embalado por seis vitórias seguidas na carreira, Du Plessis deve terminar o ano como Top 10 dos pesos-médios, entrando em 2023 com um candidato à disputa pelo título da categoria.

    Santiago Ponzinibbio nocauteia Alex Morono no 3º round

    Santiago Ponzinibbio conecta golpe de direita em Alex Morono no UFC 282, em dezembro de 2022 (Sean M. Haffey/Getty Images)

    Santiago Ponzinibbio estava a menos de dois minutos de uma derrota, mas conectou um golpe de direita que derrubou Alex Morono e decretou uma grande virada em duelo válido pela divisão dos meio-médios.

    Morono, que entrou no evento como substituto de última hora para Robbie Lawler, estava na frente após dois rounds e em boa forma, machucando Ponzinibbio em quase todas as trocações e o mantendo sem equilíbrio. Mas o argentino nunca parou de andar para frente e de jogar golpes, até que um deles encontrou o destino.

    Uma direita de Santiago deixou Morono atordoado, e o golpe seguinte derrubou o norte-americano, dando ao argentino sua primeira vitória por nocaute em mais de quatro anos.

    Paddy Pimblett vence Jared Gordon por decisão unânime

    Paddy Pimblett golpeia Jared Gordon no UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Paddy Pimblett conquistou uma dura vitória por decisão unânime sobre Jared Gordon, em um combate que deixou muitas pessoas questionando as pontuações dos jurados.

    O inglês aceitou a trocação com Gordon nos dois primeiros rounds, que acabaram sendo extremamente competitivos, com o norte-americano conectando com mais consistência, enquanto Paddy buscava ditar o ritmo da ação. O último assalto aconteceu praticamente inteiro no clinch, com Gordon buscando neutralizar Pimblett para assegurar a pontuação.

    Todos os jurados marcaram dois rounds a favor de Paddy, que amplia seu cartel no UFC para 4-0. Será interessante ver qual será o próximo passo da carismática estrela em ascensão no Octógono.

    Jan Blachowicz e Magomed Ankalaev empataram em decisão dividida

    Jan Blachowicz e Magomed Ankalaev reagem ao anúncio de empate na luta principal do UFC 282, em dezembro de 2022 (Chris Unger/Zuffa LLC)

    Não há um novo campeão meio-pesado do UFC, já que a luta principal do UFC 282 terminou em decisão de empate dividido, com placares de 48-47 para Blachowicz, 48-46 para Ankalaev, e 47-47.

    O primeiro round foi equilibrado, mas Ankalaev pareceu levar vantagem, enquanto Blachowicz usou chutes nas pernas nos dois rounds seguintes, chegando a fazer o atleta do Daguestão mancar e perder o equilíbrio. Nos assaltos finais, Ankalaev usou seu wrestling para dominar, colocando Blachowicz de costas no chão e controlando a ação nos 10 minutos finais.

    Todos pareceram ser pegos de surpresa pelo anúncio do resultado - Blachowicz, Ankalaev, a equipe de transmissão e todos online - e os três jurados pontuaram a luta de forma diferente.

    Após uma noite repleta de nocautes e finalizações, as duas lutas finais foram para decisões e deixaram o público coçando a cabeça.

    O UFC 282: Blachowicz x Ankalaev foi um evento realizado no dia 10 de dezembro em Las Vegas. Clique aqui e confira a cobertura completa.

    News and announcements

    View all