Pular para o conteúdo principal
Resultados

Resultados Finais | UFC São Paulo: Almeida x Lewis

Confira tudo que rolou no evento realizado no último sábado (04), no Ginásio do Ibirapuera

Após quatro anos de espera, o Utimate retornou à capital paulista. Na luta principal do UFC São PauloJailton "Malhadinho" Almeida não tomou conhecimento de Derrick Lewis e venceu o norte-americano na decisão unanime. No segundo duelo mais importante da noite, o prospecto Gabriel Bonfim acabou perdendo sua invencibilidade diante de Nicolas Dalby no peso meio-médio. Confira abaixo todos os resultados do evento. | Reveja o evento no UFC Fight Pass

Resultados Oficiais | UFC São Paulo

Card Principal

Card Preliminar

Jailton "Malhadinho" Almeida venceu Derrick Lewis por decisão unânime (50–44, 50–44,50–45)

Jailton Almeida aplicando golpes no rosto de Derrick Lewis no evento principal do UFC São Paulo (Foto por:Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Jailton Almeida aplicando golpes no rosto de Derrick Lewis no evento principal do UFC São Paulo (Foto por:Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Jailton "Malhadinho" Almeida dominou Derrick Lewis e venceu por pontos a luta principal do UFC São Paulo
.
O brasileiro mostrou mais precisão, velocidade e eficiência nas quedas, conseguindo anular o poder de nocaute do norte-americano durante os 25 minutos de embate.

No solo, Malhadinho aplicou boas transições, conquistando a posição de montada e controle lateral algumas vezes ao longo da luta. Além de tentar finalizar o duelo várias vezes com o mata-leão, katagatame e ground and pound. 

Com a vitória, Jailton Almeida defende a nona posição no ranking da categoria e soma seis vitórias seguidas na organização.

Vale lembrar que, ao todo, “Malhadinho” esteve em posição de dominância diante de Derrick Lewis durante 21m10s, em 25 minutos disputados e aplicou seis quedas durante a luta.

O brasileiro Jailton "Malhadinho" Almeida conversa com Michael Bisping no Octógono após a vitória por decisão unânime na luta principal do UFC São Paulo!

Nicolas Dalby venceu Gabriel Bonfim por nocaute técnico aos 4m33s do 2° round

Nicolas Dalby golpeando o brasileiro Gabriel Bonfim no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Nicolas Dalby golpeando o brasileiro Gabriel Bonfim no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Gabriel Bonfim perdeu sua invencibilidade na luta co-principal, no UFC São Paulo.

No round inicial o brasileiro começou tomando a iniciativa. Gabriel conectou os melhores golpes e aproveitou sua velocidade e versatilidade para surpreender Nicolas Dalby e colocar a luta no solo, levando a vantagem nos minutos iniciais.

No segundo round, o brasileiro manteve o ímpeto e até conectou uma boa queda, mas acabou cansando. Dalby aproveitou a queda de rendimento de “Marretinha”, pressionou na grade e aplicou bons cruzados e ganchos que levaram o brasileiro para o chão, garantindo seu terceiro triunfo em solo brasileiro.

Rodrigo "Zé Colmeia" Nascimento venceu Don’Tale Mayes por decisão unânime (30–27, 29–28, 29–28)

Rodrigo Nascimento aplicando um cruzado com a mão da frente no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Rodrigo Nascimento aplicando um cruzado com a mão da frente no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Mais de três anos depois do primeiro encontro, Rodrigo Nascimento e Don'Tale Mayes voltaram a se encarar no Octógono e o resultado não foi diferente. Desde o início, “Zé Colmeia” foi mais agressivo e contundente durante todos os momentos de troca de golpes na curta distância.

Embora o ritmo tenha caído com o desenrolar da luta, o brasileiro continuou a conectar  os melhores golpes, tanto em linha, quanto com cruzados e ganchos.

Ao contrário do primeiro confronto, a luta foi para a decisão dos juízes laterais, mas o brasileiro saiu mais uma vez com o braço erguido. Com a vitória no card principal do UFC São Paulo, “Zé Colmeia” chega a seu terceiro triunfo seguido no Ultimate.

Caio Borralho venceu Abus Nurmagomedov decisão unânime (30–27, 29–28, 29–28)

Caio Borralho aplicando um jab no rosto do adversário no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Caio Borralho aplicando um jab no rosto do adversário no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Em combate bem equilibrado, Caio Borralho passou por Abus Magomedov na decisão dos juízes no card principal do UFC São Paulo.

Durante os primeiros 10 minutos do combate, o ritmo do duelo foi estudado. Os dois atletas se arriscaram pouco e evitaram a trocação franca. O grande diferencial foram os jabs de Borralho, que cortaram o rosto de Magomedov e fizeram evitar a aproximação.

Nos cinco minutos finais e com melhor condicionamento físico, o brasileiro aplicou bons golpes na na linha de cintura e uma joelhada voadora no tempo certo, que levaram o Magomedov para o chão. No solo, o atleta da casa dominou e por muito pouco não finalizou o rival com um mata-leão, mas saiu com a vitória na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado positivo no UFC São Paulo, Caio Borralho tem agora a segunda maior sequência de vitórias entre os atletas ativos no peso-médio do UFC, com cinco, ficando atrás apenas de Dricus Du Plessis, com seis triunfos.

O brasileiro Caio Borralho conversa com Michael Bisping no Octógono após a vitória por decisão unânime sobre Abus Magomedov no UFC São Paulo!

Elves Brener venceu Kaynan Kruschewsky por nocaute aos 4m01s do 1°round

Elves comemorando a vitória no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Implacável! No único duelo verde e amarelo da noite, Elves Brener nocauteou Kaynan Kruschewsky na luta de abertura do card principal do UFC São Paulo. 

O duelo começou com bastante equilíbrio. Kaynan procurou mais a trocação franca de golpes, enquanto o representante da Chute Boxe Diego Lima apostava de forma paciente no contra-golpe, buscando encontrar a distância diante do adversário. 

O desfecho da luta aconteceu após um pêndulo executado por Elves com precisão, que aproveitou e conectou um cruzado poderoso na têmpora do rival. 

Com o resultado positivo, o manauara de apenas 26 anos soma sua terceira vitória seguida, sendo dois nocautes nas últimas duas lutas.

O brasileiro Elves Brener conversa com Michael Bisping no Octógono após a vitória por nocaute sobre Kaynan Kruschewsky no UFC São Paulo!

Elizeu Capoeira e Rinat Fakhretdinov terminou em empate majoritário (29–28, 28–28, 28–28)

Elizeu Capoeira e Rinat Fakhretdinov trocando golpes no Octógono do UFC em São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Elizeu Capoeira e Rinat Fakhretdinov trocando golpes no Octógono do UFC em São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Elizeu Capoeira e Rinat Fakhretdinov protagonizaram uma verdadeira guerra na luta que fechou o card preliminar do UFC São Paulo.

O lutador russo começou melhor o duelo, conseguindo um knockdown nos primeiros segundos de luta. Fakhretdinov se movimentou com mais frequência e aplicou os golpes mais precisos nos dois primeiros rounds, anulando o brasileiro no jogo de grade e também no tablado.

No round final, Capoeira voltou melhor, mostrou mais coração e aplicou um knockdown em Fakhretdinov, que por muito pouco não foi nocauteado. Na sequência, o brasileiro ainda tentou encaixar um mata-leão, mas por um pequeno detalhe não forçou a desistência do rival russo.

Os juízes laterais foram chamados e dois deram empate, enquanto um marcou a luta para o russo. Um empate majoritário que levantou a torcida no Ginásio do Ibirapuera.

Vitor Petrino venceu Modestas Bukauskas por nocaute aos 1m03s do 2° round

Vitor Petrino aplicando um chute alto na cabeça de seu adversário no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Vitor Petrino aplicando um chute alto na cabeça de seu adversário no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Avassalador! Vitor Petrino venceu mais uma luta no Ultimate após bater Modestas Bukauskas por nocaute no segundo round. 

O início do confronto começou com muito estudo e movimentação. Petrino apresentava mais velocidade nas entradas e saídas de golpes, sempre aplicando socos com a mão da frente como contra-ataque e pontuando com chutes na perna e no tronco. 

O desfecho aconteceu na metade segundo round. Após uma aproximação de Bukauskas, o jovem lutador brasileiro cortou o ângulo do jab e aplicou um cruzado de esquerda que liquidou a fatura. 

Com a vitória no UFC São Paulo, Vitor Petrino soma três triunfos em três embates pelo Ultimate.

O brasileiro Vitor Petrino conversa com Michael Bisping no Octógono após a vitória por nocaute sobre Modestas Bukauskas no UFC São Paulo!

Angela Hill venceu Denise Gomes por decisão unânime (30–27, 29–28, 29–28)

Angela Hill aplicando uma cotovelada na saída do clinch no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)

Angela Hill aplicando uma cotovelada na saída do clinch no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Em um duelo de gerações, a veterana Angela Hill bateu a brasileira Denise Gomes no card preliminar, em São Paulo.

No primeiro round, Denise começou muito bem, aplicou os melhores golpes na curta distância, conseguiu esquivar dos golpes em linha aplicados pela norte-americana e por pouco não encaixou uma chave de braço, além de uma kimura invertida no controle lateral. 

Na sequência, a brasileira continuou andando para frente, mas diminuiu o ritmo. Hill aproveitou a oportunidade e pontuou com bons jabs e chutes na linha de cintura. A veterana também apresentou um bom controle no clinch, golpeando com joelhadas e cotoveladas na saída. 

Vitória da norte-americana na decisão unânime dos juízes, que continua sendo uma das atletas mais ativas no UFC. Agora, Angela Hill empata com Joanna Jedrzejczyk e Carla Esparza como a maior vencedora na história do peso-palha, com 10 triunfos no UFC.

Eduarda Moura venceu Montserrat Ruiz por nocaute técnico aos 2m14s do 2° round

Eduarda Moura aplicando um direto no rosto da adversária no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)Pedro

Eduarda Moura aplicando um direto no rosto da adversária no UFC São Paulo (Foto por: Pedro Vilela/Zuffa LLC via Getty Images)


Ainda invicta! Em um verdadeiro monólogo, Eduarda Moura dominou Montserrat Ruiz e venceu a primeira luta no Octógono.

Durante todo duelo, Eduarda aplicou quedas com tempo de entrada perfeito, além de ter total controle no solo. A brasileira por pouco não liquidou a fatura com um mata-leão nos cinco minutos iniciais, mas no segundo round a estreante conseguiu trabalhar os golpes traumáticos no chão que forçaram a interrupção do árbitro central. Primeira vitória brasileira na noite em São Paulo.

A brasileira Eduarda "Ronda" Moura conversa com Michael Bisping no Octógono após a vitória por nocaute técnico sobre Montserrat Ruiz no UFC São Paulo!

Marc Diakiese venceu Kaue Fernandes por decisão dividida (29–28, 28–29, 30–27)

Marc Diakiese comemorando sua vitória no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela / Zuffa LLC via Getty Images)

Marc Diakiese comemorando sua vitória no UFC São Paulo. (Foto por: Pedro Vilela / Zuffa LLC via Getty Images)


Início negativo para o time brasileiro na abertura do card no Brasil. Marc Diakiese vence Kaue Fernandes na decisão dividida dos juízes. O embate começou bastante movimentado, com os dois lutadores buscando as melhores posições e sequências de golpes. Diakiese se movimentou melhor durante todo o duelo, aplicou bons socos na aproximação do brasileiro e o dominou com as costas no tablado, sempre acompanhando a movimentação de quadril do adversário.

No último round, o inglês apresentou melhor condicionamento físico e evitou a distância do rival, colocando um ótimo double leg. A partir daí, Diakiese conseguiu aplicar boas cotoveladas e evitou qualquer tentativa de finalização e transição. 

Com o triunfo, Diakiese se recupera da derrota sofrida para Joel Alvarez e volta ao caminho da vitória no Ultimate.

UFC São Paulo: Almeida x Lewis foi um evento realizado em 4 de novembro, no Ginásio do Ibirapuera. Confira aqui a cobertura completa e reveja todas as lutas no UFC Fight Pass.

News and announcements

View all