Pular para o conteúdo principal
Jack Hermansson comemora após a vitória sobre Joe Pyfer na luta principal do UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Resultados

Resultados Finais | UFC Vegas 86: Hermansson x Pyfer

Confira a cobertura completa do evento realizado no último sábado (10), em Las Vegas

Jack Hermansson levou a melhor sobre Joe Pyfer na luta principal do UFC Vegas 86, realizado no último sábado (10) no UFC Apex, em Las Vegas. O evento teve ainda três grandes destaques brasileiros com as vitórias maiúsculas de Gregory "Robocop" RodriguesRodolfo Vieira e Carlos Prates. Confira todos os resultados abaixo. | Reveja todas as lutas no UFC Fight Pass

Resultados | UFC Vegas 86: Hermansson x Pyfer

Card Principal

Card Preliminar

Jack Hermansson vence Joe Pyfer por decisão unânime

Jack Hermansson golpeia Joe Pyfer na luta principal do UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Este foi exatamente o tipo de luta que todos esperavam ver entre Hermansson e Pyfer: um duelo competitivo e empolgante pelo peso-médio, que encerrou a noite de sábado no UFC Apex.

Pyfer começou afiado, pressionando o veterano, atacando com chutes nas pernas e socos pesados no corpo e na cabeça. Porém, conforme a luta progrediu, Hermansson começou a crescer, usando muito bem o jab para incomodar o prospecto norte-americano.

Com a luta provavelmente empatada no início do último round, Hermansson se mostrou mais "inteiro" e foi o mais ativo entre os dois, continuando a pontuar com o jab e usando a experiência para sair com a vitória.

Quando os placares foram anunciados, eles refletiram o que vimos no Octógono, com o "Coringa" ficando com a vitória por decisão unânime e defendendo seu lugar no Top 15 dos pesos-médios.


Dan Ige nocauteia Andre Fili no 1º round

Dan Ige nocauteia Andre Fili no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Dan Ige aplicou um belíssimo nocaute na luta co-principal da noite contra Andre Fili.

Após dois minutos de estudo e busca por distância, Ige contragolpeou um jab com um potente cruzado de direita, levando Fili ao chão. Foi preciso apenas mais um golpe para consolidar o nocaute e a vitória no UFC Apex.

Ihor Potieria vence Robert Bryczek por decisão unânime

Ihor Potieria golpeia Robert Bryczek no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Uma mudança de categoria pode ser tudo o que Ihor Potieria precisava. Entrando de última hora contra Robert Bryczek no peso-médio, Potieria pareceu muito mais confortável no Octógono, mostrando muita fluidez com as mãos e absorvendo melhor os contragolpes do que se via no peso meio-pesado.

Após um primeiro round truncado, com algumas pausas médicas, Potieria se encontrou no segundo assalto e dominou completamente o terceiro, levando a melhor sobre o estreando polonês. Se isto foi um sinal do que Potieria fará no Octógono a partir de agora, ele será uma adição interessante à divisão até 83,9 Kg.

Gregory Rodrigues venceu Brad Tavares por nocaute técnico no 3º round

Gregory Rodrigues golpeia Brad Tavares no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Gregory Rodrigues conquistou a maior vitória de sua carreira neste sábado, superando o veterano Brad Tavares por nocaute técnico no terceiro round.

Desde o início, "Robocop" mostrou ter mais força que o adversário, conectando os golpes mais pesados. O brasileiro esteve em vantagem nos dois primeiros rounds, mas aumentou o ritmo no terceiro assalto em busca do nocaute e conseguiu, encurralando Tavares contra a grade e conectando soco atrás de soco, até a interrupção do árbitro Jason Herzog.

Este foi o segundo triunfo seguido de Gregory por nocaute e sua quarta vitória nas últimas cinco lutas, o que deve colocá-lo próximo do Top 15 na divisão dos médios.


Michael Johnson vence Darrius Flowers por decisão unânime

Michael Johnson golpeia Darrius Flowers no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O veterano Michael Johnson confiou em sua experiência para levar a melhor sobre a revelação do Contender Series, Darrius Flowers.

Johnson usou sua característica velocidade de mãos e golpes no corpo para manter Flowers fora de ritmo em pé, aplicando eventuais quedas ao longo do duelo. Com maior foco e mais pressão do que em suas apresentações mais recentes, Johnson se manteve em vantagem durante todo o confronto.

Finalista do TUF 12, o norte-americano de 37 anos soma sua 14ª vitória no Octógono.

Rodolfo Vieira finaliza Armen Petrosyan no 1º round

Rodolfo Vieira finaliza Armen Petrosyan com um katagatame no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O pentacampeão mundial de jiu-jítsu Rodolfo Vieira usou o que tem de melhor para finalizar Armen Petrosyan no primeiro round na luta de abertura do card principal.

Rodolfo trabalhou com calma até conseguir levar a luta para o chão, derrubando Petrosyan quase na metade do assalto inicial. Com muita técnica, o brasileiro avançou para a montada e ofereceu um dilema ao kickboxer: ficar de frente levando golpes ou tentar escapar e se expor à finalização.

Petrosyan escolheu a segunda opção e Rodolfo aproveitou, encaixando um katagatame que obrigou o adversário a desistir nos segundos finais da primeira parcial.

 


Carlos Prates nocauteia Trevin Giles no 2º round

Carlos Prates nocauteia Trevin Giles com um direto de esquerda no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Bem-vindo ao UFC, Carlos Prates!

O representante da "Fighting Nerds" demorou um pouco até ficar confortável e começar a atacar em sua estreia no Octógono, mas na reta final do segundo round, conectou um direto de esquerda no queixo de Trevin Giles, mandando o norte-americano ao solo sem reação.

Mais um membro da classe de 2023 do Dana White's Contender Series, Carlos teve uma das melhores performances da temporada do programa e consegue uma das melhores estreias de 2024 até o momento no UFC.


Bolaji Oki vence Timmy Cuamba por decisão dividida

Bolaji Oki golpeia Timmy Cuamba no UFC vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Bolaji Oki se tornou o segundo membro da última temporada do Contender Series a conquistar sua primeira vitória no UFC neste sábado, superando o substituto de última hora Timmy Cuamba por decisão dividida.

O peso-leve belga usou seu jab para pontuar com consistência ao longo da luta. Cuamba, um peso-pena natural, conseguiu uma queda no seguindo round e conectou alguns bons golpes, mas não teve potência suficiente para realmente preocupar Oki.

Foi uma estreia sólida do relativamente inexperiente "Guerreiro Zulu", que chega à nona vitória consecutiva na carreira em sua primeira apresentação no Octógono.

Loma Lookboonmee venceu Bruna Brasil por decisão unânime

Loma Lookboonmee golpeia Bruna Brasil no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O duelo entre Loma Lookboonmee e Bruna Brasil pelo peso-palha foi basicamente uma luta de kickboxing, disputada em pé por 15 minutos, ao final dos quais a atleta da Tailândia levou a melhor na decisão dos jurados.

Loma compensou sua desvantagem de altura e envergadura sendo a mais ativa das lutadoras, conectando chutes duros e boas joelhadas nos breves momentos de clinch. A brasileira encontrou sucesso esporádico, mas não conseguiu imprimir um ritmo consistente para tomar a iniciativa do confronto.

Lookboonmee conquista a terceira vitória consecutiva no Octógono, e o quinto triunfo em suas últimas seis apresentações, mostrando evolução a cada luta.

Marcin Prachnio vence Devin Clark por decisão unânime

Marcin Prachnio golpeia Devin Clark no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O estilo pouco convencional de Marcin Prachnio foi decisivo para a vitória sobre Devin Clark em duelo pelo peso meio-pesado no card preliminar.

Nos dois primeiros rounds, o polonês conectou os melhores golpes, castigando a perna da frente de Clark com chutes e colocando golpes também no corpo e na cabeça por ambos os lados. Clark acertou um golpe rodado ao final da segunda parcial e pareceu mais eficiente no último assalto, mas Prachnio foi capaz de absorver os danos e controlar o duelo.

Todos os jurados apontaram vitória do polonês, que volta à coluna das vitórias e amplia seu cartel para 17-7.

Max Griffin vence Jeremiah Wells por decisão dividida

Max Griffin golpeia Jeremiah Wells no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Max Griffin e Jeremiah Wells fizeram um duelo equilibrado pela divisão dos meio-médios. Mais experiente, Griffin se mostrou o mais técnico da dupla, conectando seus jabs e diretos ao longo do confronto, ao passo que Wells colocava os socos mais potentes. Nenhum dos atletas teve um amplo domínio na luta em pé, com ambos alternando momentos de vantagem ao longo dos 15 minutos.

Ao final dos três rounds, os jurados tiveram a dura missão de definir um vencedor, e dois árbitros laterais pontuaram o confronto a favor de Griffin, que conquista a 20ª vitória de sua carreira aos 38 anos de idade.

Bogdan Guskov nocauteia Zac Pauga no 1º round

Bogdan Guskov golpeia Zac Pauga no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

O meio-pesado do Uzbequistão Bogdan Guskov mostrou o peso de suas mãos na vitória sobre Zac Pauga neste sábado. Quando o primeiro golpe entrou, Pauga reagiu buscando o clinch, mas da segunda vez, Guskov não permitiu reação do adversário e encerrou o duelo.

Após ser superado por Volkan Oezdemir em sua estreia na organização, o uzbeque se reabilita em grande estilo no Octógono, mandando um recado para a divisão até 92,9 Kg.

Hyder Amil vence Fernie Garcia por nocaute técnico no 2º round

Hyder Amil golpeia Fernie Garcia no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Hyder Amil e Fernie Garcia fizeram um duelo caótico pelo peso-pena, que terminou com vitória de Amil em sua estreia na organização.

Hyder foi para cima de Garcia no início, mas foi pego com um contragolpe que o fez perder o equilíbrio. Ele se recuperou e voltou a pressionar, mas a luta franca de forma impressioante chegou ao fim do primeiro round. No segundo, só deu Amil, que encurralou o adversário e conectou golpe atrás de golpe até a interrupção do árbitro.

Revelado na última temporada do Dana White's Contender Series, o atleta de 33 anos amplia seu cartel para 9-0 com a vitória, se mostrando um nome interessante na divisão até 65,7 Kg.

Daniel Marcos x Aoriqileng termina sem resultado

Daniel Marcos acerta chute baixo acidental em Aoriqileng durante luta no UFC Vegas 86, em fevereiro de 2024 (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

A luta de abertura do card terminou sem resultado devido a um chute acidental nas partes baixas.

Daniel Marcos estava controlando a ação em pé no duelo com Aoriqileng pelo peso-galo, conectando os melhores golpes no chinês ao longo dos dois primeiros rounds. Os dois trocaram golpes baixos na metade da segunda parcial, mas após os cinco minutos de tempo médico, Aoriqileng não pôde retornar e o duelo foi interrompido.

O UFC Vegas 86: Hermansson x Pyfer foi um evento realizado em 10 de fevereiro de 2024. Confira aqui a cobertura completa e reveja todas as lutas no UFC Fight Pass.

News and announcements

View all