Pular para o conteúdo principal

Retrospectiva 2015: Os números do UFC

Novos campeões, bônus da noite, quantas lutas e muito mais...


O ano de 2015 foi especial para vários lutadores – e também para o Ultimate. Novos campeões, lutas sensacionais e a aparição e atletas que prometem surpreender nos próximos anos. Selecionamos alguns números para mostrar o tamanho e a importância de tudo que aconteceu nestes últimos doze meses.
Veja outras retrospectivas: As melhores encaradas | As revelações | As melhores disputas de cinturão | Dez fotos marcantes | Os novos campeões

41
Eventos
13
Ppvs
4
Novos países - Filipinas, Polônia, Escócia e Coreia do Sul
473
Lutas
154
Nocautes
90
Finalizações 
20
Lutas pelo título (incluindo a disputa do cinturão interino entre Conor McGregor e Chad Mendes)
7
Novos campeões (Daniel Cormier, Rafael dos Anjos, Holly Holm, Joanna Jedrzejczyk, Conor McGregor, Luke Rockhold e Fabrício Werdum)
13 segundos
É o que precisou McGregor para nocautear Aldo no UFC 194, vitória mais rápida em uma luta de cinturão. 
24:59
Tempo que Demetrious Johnson precisou para finalizar Kyoji Horiguchi no UFC 186, a mais tardia da história do UFC. 
14
Segundos. Ronda Rousey finalizou Cat Zingano no UFC 184, a finalização mais rápida do ano
56,214
Pessoas assistiram ao impressionante nocaute de Holly Holm em Ronda Rousey no UFC 193, o maior evento da história. 
7
Azarões venceram no UFC Orlando, maior número do ano
4
Bônus ganhou Tony Ferguson (3 performances e uma luta da noite), o recordista do ano
3
Bônus ganharam Thomas Almeida, Daniel Cormier, Neil Magny, Conor McGregor e Ronda Rousey