Pular para o conteúdo principal

Ronda Rousey aceita desafio de fã e assina pôster com a mão direita

"Peço desculpas para quem receber esse cartaz", disse a campeã. Sobre o Brasil: 'sinto falta de vocês. Estou ansiosa para poder voltar”, completou a loira. 

MELBOURNE, Austrália

Na tarde desta terça-feira (10) em Melbourne, Austrália, ainda começo da madrugada no Brasil, Ronda Rousey respondeu – e se divertiu – com as centenas de perguntas que os fãs enviaram para a campeã no seu bate-papo no Periscope.

Enquanto autografava os 130 pôsteres do UFC193 junto com outros lutadores, Ronda respondeu ao vivo, durante 17 minutos e 14 segundos, os mais de 2 mil fãs, de todo o mundo, presentes na transmissão.

Veja tambémCard Completo | Cláudia Gadelha aposta em vitória de Joanna 

Curioso, um dos telespectadores perguntou se a lutadora, que é canhota, já tinha tentado assinar com a mão direita. “Assinar com minha mão direita? Quer que eu tente?”, perguntou a campeã, rindo. “Peço desculpas por quem receber esse cartaz’, disse a campeã do UFC.

Rousey pode ter uma velocidade incrível nas mãos dentro do octógono, mas como uma destra, sua caligrafia deixa muito a desejar. "Oh meu Deus, isso é tão mau!", disse ela sorrindo com sua caneta Sharpie na mão. “Ai está. Não dá para dizer que eu não tentei. Está feito”.

Um fã brasileiro perguntou se Ronda poderia enviar uma mensagem para o Brasil e, com um sorriso gentil, ela respondeu: "Oi Brasil! Obrigado, rapazes, por me assistir. Eu ainda estou animada sobre minha luta no Brasil. Foi uma das minhas experiências mais favoritas de todos os tempos, no judô e no MMA. Eu sinto falta de vocês, e estou ansiosa para, em qualquer oportunidade, poder voltar”, completou a loira.

Do lado de fora, o sol e o calor de segunda-feira (09) se foram, e a terça é de frio (12 graus) e chuva. "Faz um pouco de frio hoje, por isso esta realmente faltando o Brasil agora!", disse Rousey.