Pular para o conteúdo principal

Ronda Rousey explica por que Miesha Tate é sua oponente mais difícil

Campeã peso-galo pode fazer trilogia contra rival


Nas 12 lutas profissionais que tem na carreira, Ronda Rousey nunca foi derrotada e só passou do primeiro round na revanche contra Miesha Tate, no UFC 168. Agora, a campeã pode enfrentar a rival pela terceira vez, e acredita que a experiência adquirida nos outros dois combates é uma vantagem para a oponente.

Visite a loja do UFC

"Toda luta é um desafio. Essa luta foi um desafio, e acho que a vantagem que tenho sobre minhas oponentes é que elas não sabem realmente no que estão se metendo quando entram lá comigo. Elas podem assistir ao tanto de lutas que quiserem, mas não sabem o que é estar lá comigo. É por isso que penso que a Miesha é um dos meus maiores desafios. Ela já tem uma ideia do que esperar. Sei que evoluí muito desde a última vez em que lutamos", afirmou a lutadora na coletiva de imprensa realizada após o UFC 190, no Rio de Janeiro.

Assine o canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

O primeiro encontro entre Ronda e Miesha aconteceu em 2012, no extinto Strikeforce, quando 'Rowdy' faturou o título do Strikeforce com uma finalização no primeiro assalto. Na revanche, a campeã do UFC defendeu o título com um armlock na terceira parcial.

Veja também: 

Miesha Tate garante que não seria nocauteada por Ronda Rousey

Ronda Rousey agradece ao carinho do público brasileiro no UFC 190 

Bethe Correia analisa derrota para Ronda Rousey: "Bola pra frente"