Pular para o conteúdo principal

Rony Jason dá aula de jiu-jitsu e finaliza rival no card preliminar do UFC Goiânia

Brasileiro conseguiu boa posição e terminou luta contra Damon Jackson

O card preliminar do UFC Goiânia parecia perdido para os lutadores brasileiros, até Rony Jason subir no octógono. Depois de presenciar três derrotas dos atletas da casa contra estrangeiros, a torcida da Goiânia Arena comemorou do vencedor do TUF Brasil 1, que finalizou Damon Jackson ainda no primeiro round com um belíssimo triângulo. Após ser derrubado pelo rival ao tentar acertar um cruzado, Jason mostrou toda sua habilidade no jiu-jitsu e fez uma bela transição no solo, encaixando um triângulo junto com uma chave de braço. O norte-americano até tentou resistir, mas não conseguiu escapar do golpe e bateu em desistência."Estou muito feliz. Sou do jiu-jítsu e se eles me colocam para baixo, eu agradeço e dou um beijo", disse o brasileiro após a conquistar a 15ª vitória na carreira. 

Na primeira luta da noite, Luiz Besouro foi nocauteado no final do primeiro round pelo estreante Tom Breese. O atleta da casa sofreu um knockdown após um forte direto de esquerda e não conseguiu se defender do violento ground and pound aplicado pelo rival. "É uma honra estar aqui. Tenho muito orgulho de ter lutado com o Besouro. É até estranho, pois foi a primeira luta em que não fiquei nervoso. Estou ficando cada vez mais confortável durante os combates. "Sabia que ele não era um lutador ortodoxo, eu quis minar suas pernas para depois soltar os cruzados. Felizmente, funcionou", disse o inglês, que acumula um cartel invicto de oito vitórias.

Outro brasileiro que não se saiu bem foi Lucas Mineiro. O atleta da Chute Boxe foi completamente dominado por Mirsad Bektic e acabou nocauteado no início do segundo round após ser castigado por um ground and pound agressivo do atleta bósnio. Esta é a décima vitória do invicto europeu, a quinta por nocaute. "Eu estava muito motivado. Nós entramos e trocamos com vontade, ambos queríamos o bônus. Mas sinto que posso melhorar. Meu plano era enganá-lo com fintas, porque ele é mais rápido que eu. Eu vi que ele não teve medo de trocar comigo, então soltei os punhos", falou Bektic, que elogiou a torcida brasileira e agradeceu o apoio em português.

No duelo dos estreantes, o ex-campeão do Jungle Fight, Elizeu Capoeira, e Nicolas Dalby fizeram um combate parelho, com boa movimentação e muita trocação entre os meio-médios, que terminou com vitória do dinamarquês por decisão dividida, especialmente pelas quedas aplicadas na luta. O triunfo sobre o brasileiro foi o 14º na carreira de Dalby, que ainda não sabe o que é perder no MMA. Já Capoeira conhece a quinta derrota em 19 lutas na carreira.

No único duelo feminino da noite, Juliana Lima usou toda sua experiência para bater a estreante Ericka Almeida por decisão unânime. A décima colocada no ranking dos palhas manteve sua estratégia do início ao fim e controlou o combate tanto em pé quanto no solo. "O plano era fazer mais o muay thai mesmo, mas ela me derrubou no primeiro round. Eu consegui ficar por cima, e vi que era possível usar meu jiu-jítsu e meu wrestling, aí usei meu ground and pound. Estou muito feliz, mas ainda não consegui mostrar 100% das minhas habilidades aqui. Posso fazer muito mais", falou a vencedora.

Em outro duelo brasileiro, Jussier Formiga levou a melhor sobre Wilson Reis na decisão unânime dos juízes e conseguiu sua terceira vitória seguida no Ultimate. O atleta da Nova União aplicou bons golpes em seu adversário e quase finalizou o combate no segundo round quando conseguiu um knockdown com forte soco de direita, seguido de ground and pound, mas Reis se defendeu bem dos ataques e acabou se levantando. A vitória foi importante para o quarto colocado no ranking, que pode conseguir uma chance de disputar o cinturão dos moscas no futuro.

Confira os resultados:

Rony Jason venceu Damon Jackson por finalização no R1
Jussier Formiga venceu Wilson Reis por decisão unânime (triplo 29-28)
Nicolas Dalby venceu Elizeu Capoeira por decisão dividida (29-28;28-29;29-28)
Mirsad Bektic venceu Lucas Mineiro por nocaute técnico do R2
Juliana Lima venceu Ericka Almeida por decisão unânime (30-27; 30-27; 30-25)
Tom Breese venceu Luiz Besouro por nocaute técnico no R1