Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Saiba quem são os 12 lutadores que disputaram títulos em duas divisões

Demian Maia entra para a lista neste sábado (29), no UFC 214


O brasileiro Demian Maia entrará para uma seleta lista neste sábado (29). Quando pisar no octógono para enfrentar Tyron Woodley pelo cinturão dos meio-médios no UFC 214, ele se tornará o 13º atleta na história do Ultimate a disputar títulos em duas divisões diferentes.
Isso porque o paulista já desafiou Anderson Silva em 2010 pelo cinturão dos médios, mas acabou derrotado em decisão unânime dos jurados.
Tudo sobre UFC 214: As promessas do evento | Jones e DC discutem revanche | Cinco motivos para não perder | Quem vencerá a luta principal? | Confira o card completo
Você se lembra quem foram os outros? Confira na lista abaixo, feita por ordem de peso.
Randy Couture
“O Natural” foi um verdadeiro colecionador de títulos, tendo sido campeão dos pesos-pesados três vezes e dos meio-pesados duas vezes. Seu primeiro cinturão foi conqusitado em 1997 e o último nada menos que dez anos depois, em 2007.

Vitor Belfort
Belfort foi campeão do torneio de pesos-pesados do UFC 12, em 1997; todavia, a competição não tinha nenhum cinturão em disputa. O “Fenômeno” vestiu o ouro em 2004, quando venceu Couture por nocaute técnico, conquistando o título dos meio-pesados. Ele fez mais três desafios: pelos médios, contra Anderson Silva em 2011 e Chris Weidman em 2015, e pelos meio-pesados, contra Jon Jones em 2012, mas foi derrotado em todos.
Dan Henderson
“Hendo” chegou ao Ultimate após se sagrar campeão do Pride nas divisões correspondentes à dos meio-pesados e dos médios, porém, foi derrotado pelos dois campeões do UFC nas lutas pela unificação dos cinturões: respectivamente, ele perdeu para Rampage Jackson em 2007 e Anderson Silva e 2008.

Lyoto Machida
O paraense chegou ao título dos meio-pesados do Ultimate de forma invicta em 2009, e após desafiar Jon Jones para tentar recuperar o posto em 2011, desceu de categoria e chegou à disputa pelo cinturão dos médios contra Chris Weidman em 2014, da qual também saiu derrotado.
Chael Sonnen
Sonnen foi um dos grandes rivais da carreira de Anderson Silva, com quem protagonizou duas grandes batalhas pelo cinturão dos médios, e também teve sua chance pelo título dos meio-pesados contra Jon Jones em 2013. Ele foi derrotado nas três oportunidades.

BJ Penn
O havaiano chegou ao Ultimate como peso-leve e empatou quando disputou o cinturão da divisão pela primeira vez contra Caol Uno em 2003. Depois, BJ conquistou o título dos meio-médios em 2004 e o dos leves em 2008, consolidando seu nome no Hall da Fama da organização.
Frankie Edgar
Edgar foi justamente o lutador que tirou a coroa dos leves de BJ Penn em 2010, e após defendê-lo em três ocasiões, foi destronado e desceu para os penas, onde encarou Aldo duas vezes em disputas de título, sendo derrotado em ambas.
Kenny Florian
Participante da primeira temporada do The Ultimate Fighter, Florian já competiu em quatro categorias no Ultimate, e conquistou title-shots entre os leves e entre os penas. Ele foi derrotado em ambas, por Frankie Edgar e José Aldo.

Conor McGregor
O terceiro atleta a conquistar títulos em duas divisões foi o irlandês Conor McGregor, que após dar um fim ao reinado de Jose Aldo nos penas, em 2015, se sagrou campeão dos leves no ano seguinte.
Anthony Pettis
Um dos strikers mais espetaculares do octógono, Pettis se sagrou campeão ao vencer seu rival Ben Henderson em 2013, mas fez apenas uma defesa de título. Três anos depois, ele desceu para o peso-pena, onde encarou Max Holloway pelo cinturão interino e acabou derrotado.
Holly Holm
Até o momento, a única mulher a disputar cinturões em duas categorias no UFC foi Holly Holm, que deu um fim ao reinado de Ronda Rousey no peso-galo em 2015 e encarou Germaine de Randamie na batalha pelo título inaugural do peso-pena este ano, duelo do qual saiu derrotada.
Demetrious Johnson
Dono absoluto do cinturão dos moscas, e prestes a quebrar o recorde de defesas de cinturão consecutivas na história da organização, Demetrious teve breve passagem pelo peso-galo no Ultimate, mas chegou a encarar Dominick Cruz pelo cinturão da categoria em 2011. Se ele tivesse vencido, a história de ambas categorias seria bem diferente.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC