Pular para o conteúdo principal

Serginho Moraes: pronto para recuperar o tempo perdido

Brasileiro ficou parado por quase dois anos por conta de lesões


Afastado do octógono por quase dois anos, Serginho Moraes volta a lutar neste sábado (11), quando enfrenta o francês Mickael Lebout, no card preliminar no UFC Cracóvia, em um duelo válido pelos meio-médios. Finalista da primeira temporada do TUF Brasil, o brasileiro quer recuperar o tempo perdido por conta das lesões, e sabe que uma vitória será importante para seguir na sua caminhada rumo ao topo da divisão

- Serginho Moraes dá uma aula de jiu-jitsu a Neil Magny

Tetracampeão mundial de jiu-jitsu, o paulista emplacou sete finalizações nas oito vitórias conquistadas na carreira. Apesar de ser um verdadeiro perigo no chão, o treinador de muay thai de Serginho, André Dida, acredita que seu pupilo pode conseguir o primeiro nocaute na carreira contra o francês, mostrando a todos a sua evolução como lutador de MMA.

- Assine o Canal Combate e não perca nenhuma edição do UFC

"A trocação dele está muito bonita de se ver. Ele está batendo forte e com uma visão muito boa de luta. Podem esperar um nocaute do Serginho no primeiro round, pois tanto a mão esquerda quanto a direita dele estão muito pesadas. Estou bem confiante para essa luta e tenho certeza que ele irá nocautear. A programação dele está com um chip para buscar o nocaute. Não vejo a hora de vocês verem a evolução do Serginho, e será neste sábado", comentou o treinador em entrevista ao Portal Vale Tudo.

- Visite a UFC Store Brasil

O treinador, porém, reconhece que o jogo de chão do meio-médio será sempre um diferencial nos combates e que ele deve buscar a luta onde se sentir mais confortável. “Desde que chegou em Curitiba a gente procurou potencializar o muay thai do Serginho, mas o jiu-jitsu dele sempre vai fazer diferença contra qualquer um que ele lutar. O que eu posso falar é que ele está com uma sequência muito boa e vai aplicar exatamente o que ele está treinando”.