Pular para o conteúdo principal

'Sinto que estou reescrevendo a história do UFC', diz o campeão Rafael dos Anjos

Brasileiro foi recebido com festa e gritos no UFC Rio, no último sábado

Rafael dos Anjos é um campeão brasileiro do UFC com o coração habitando dois lugares distantes - o Sul da Califórnia, seu endereço e base de treino nos últimos três anos, e sua cidade natal, o Rio de Janeiro.
Rafael dos Anjos, o show está começando

Seu sonho era levar o cinturão ao Rio, e na sexta-feira o humilde Rafael experimentou o prazer de ver o anseio virar realidade. No Ginásio do Maracanãzinho, dos Anjos levantou o cinturão peso-leve do UFC para o público. E os fãs de sua cidade natal comemoraram seu feito.

“Eu realmente sinto que estou reescrevendo a história do UFC ao trazer este cinturão para o Brasil,” dos Anjos disse ao UFC.com com emoção. “Significa tudo para mim.”

O agradável brasileiro, 30, conquistou o título peso-leve no dia 14 de março com uma decisão unânime de cinco rounds sobre Anthony Pettis no UFC 185 em Dallas. Foi uma briga esgotante que viu dos Anjos, o azarão, em vantagem desde o começo.

“Eu já havia feito uma luta de cinco rounds antes contra Nate Diaz, mas Pettis, ele é um cara duro. Eu bati forte nele, mas ele continuava,” lembrou dos Anjos. “Depois do segundo round, eu pensei ‘Agora a luta está realmente começando.’

“Eu sabia que minha estratégia estava funcionando. Eu estava determinado em pegar este cinturão. E eu estava confiante durante toda a luta.”

Sua mulher, Cristiane, e filhos Gustavo e Rafael estavam assistindo atentamente logo fora do octógono em Dallas, e nesta semana, Cris acompanhou dos Anjos em um retorno ao Rio, também sua cidade natal, para sentir o gosto de uma vitória de uma luta dura com seu marido.

“Durante a luta eu tive que permanecer calma porque nossos filhos estavam comigo,” lembrou Cris dos Anjos. “Mas eu estava tão animada. Para mim, ele é uma pessoa muito inspiradora. Um marido e pai incrível e, no MMA, ele é um campeão. É um presente de Deus.”

O casal chegou ao Rio na quinta-feira de sua casa em Newport Beach, Califórnia, e foram imediatamente encontrados pelos fãs do UFC enquanto dos Anjos mostrava seu cinturão no hotel do evento na praia de Copacabana.
Assine o Canal Combate e saiba tudo do UFC

“Eles disseram para mim, ‘O show acabou!’ ou algo assim,” dos Anjos disse rindo. “Eles cantavam uma música com essa frase. Eu fiquei um pouco perco da praia. Nós não fomos festejar. Não foi assim. Nós só aproveitamos o momento.”

Dentre um dia cheio de autógrafos e mais adoração dos fãs na sexta-feira, a incrível experiência de sentir um sonho se realizar envolveu dos Anjos como uma brisa do mar refrescante.

“Eu escrevi meu nome na história deste esporte,” disse ele, carregando orgulhosamente o cinturão do UFC em seu ombro como todos os campeões. “Eu acho que é só o começo. Eu acho que todo o trabalho duro que fiz em minha vida foi para ganhar este cinturão.

“Com certeza, eu vou trabalhar ainda mais para manter este cinturão. Vai ficar aqui por muito tempo. Mas este cinturão não é só para os brasileiros. É para meus fãs americanos também. Eu moro lá há três anos e eles me deram todo o apoio. Este cinturão é para eles também.”
Dana White elogia performance de Rafael dos Anjos: ‘O que ele fez hoje foi inacreditável’

Agora que ele é o rei da categoria peso-leve do UFC, dos Anjos disse que está preparado para quem quiser levar seu adorado cinturão.

“Eu amo grandes desafios e toda vez que encaro um grande desafio em minha vida, eu o supero,” dos Anjos disse. Ele irá tirar férias de três meses dos treinos e competição para recuperar-se de uma ligamento colateral parcialmente rasgado em seu joelho direito. “Vai ser um tempo divertido agora e e vou aproveitar com minha família um pouco. Eu lutei cinco vezes nos últimos 11 meses. Eu preciso descansar meu corpo, meu joelho e meu pé. E eu vou aproveitar estar com minha família.”