Pular para o conteúdo principal

Sonnen repercute mordida de Suárez: 'Fiz isso várias vezes no wrestling'

O atacante uruguaio Luis Suárez mordeu o ombro do zagueiro italiano Giorgio Chellini em partida quente entre os dois países pela Copa do Mundo. O fato culminou em punição severa para o sul-americano, que não poderá jogar futebol profissionalmente por quatro meses, e pegou nove jogos de gancho.

A conduta antidesportiva rodou o mundo, gerou quilos de discussões e também foi repercutida no mundo do MMA. Recém-aposentado, o falastrão Chael Sonnen disse nunca ter passado por algo semelhante na carreira pelo UFC, mas já o fez quando competia no wrestling, sua modalidade de origem.

“Vamos falar primeiro sobre o que aconteceu no campo (de futebol). Mas morder alguém durante uma batalha pelo menos faz algum sentido”, disse Sonnen, no programa UFC Tonight.

“Chegar por trás de um cara e morder o ombro é algo muito esquisito. No octógono nunca aconteceu, mas no wrestling foi comum em muitas lutas, aconteceu várias vezes. Serei bem honesto. Já estive nos dois lados, sou suspeito para falar. Lembro que uma vez o cara tentou me aplicar o ‘fish-hook’ (enfiar o dedo na boca do adversário para puxar), mas mordi de leve, como se fosse um alerta do tipo, ‘pare com isso ou vou mastigar esse negócio’. Ele parou na hora”, emendou.