Skip to main content

Thiago Tavares - Retomando seu caminho na categoria até 70kg

"Gosto de me testar e meu objetivo é ter sempre desafios maiores. Esta luta será mais um grande desafio." - Thiago Tavares

Vindo numa série de duas vitórias no Ultimate Fighting Championship, Thiago Tavares vai ter mais um grande desafio. Nesta sexta-feira, o faixa-preta de jiu-jitsu e judô estará em ação no card do UFC - Browne vs. Pezão.  
 Thiaguinho terá pela frente um experiente oponente, Dennis Hallman, que não a toa tem o apelido de Superman. Com mais 70 lutas de MMA e muitas finalizações no cartel, Hallman já bateu feras como o membro do Hall da Fama do UFC Matt Hughes, este em duas oportunidades, com uma guilhotina e uma chave de braço, respectivamente.  
  "Ele tem um dos melhores jiu-jitsus na categoria de leves no UFC, mas acredito que o meu é melhor", aposta Tavares. "Vou provar isso. Vai ser uma luta entre grapplers e quero mostrar que o meu jogo no chão é o melhor entre os pesos leves do UFC."  
  Para isso, Thiago fez forte treinamento em Florianópolis, sua cidade no Brasil. Se a luta no chão pode ser uma das principais armas, o lutador garante não estar deixando a desejar nos outros quesitos.
   "O trabalho foi ótimo! Evolui muito no wrestling e dei muita ênfase à preparação física. Estou preparado para a guerra. Minha última luta foi em janeiro e este tempo parado serviu para melhorar meu jogo", comenta o lutador, que garante respeitar muito o adversário, apesar de toda a confiança:    "Ele é muito experiente, o acompanho há bastante tempo. Não tem 67 vitórias por acaso, e já bateu grandes lutadores. Ele vai colocar toda essa experiência no Octógono, mas vou vencer através da minha vitalidade."  
  Tavares não pensa neste momento no cinturão, sabe que tem que ganhar espaço entre os leves, uma das categorias mais complicadas do Ultimate. A estratégia até o topo é simples: um passo de cada vez. O combustível para esta missão está nos próprios desafios que terá pela frente.
   "Gosto de me testar e meu objetivo é ter sempre desafios maiores. Esta luta será mais um grande desafio", comenta ele, que, sem pensar imediatamente no título, aponta para outro grande nome da categoria: "Vencendo esta luta, gostaria muito de enfrentar o Joe Lauzon. Ele tem o jiu-jitsu ótimo e seria mais um grande desafio entre grapplers."