Pular para o conteúdo principal

Thomas Almeida comemora elogios de Mike Tyson após vitória no UFC 189

Peso-pena brasileiro nocauteou Brad Pickett com uma joelhada voadora

Thomas Almeida conquistou mais uma vitória de respeito para seu cartel. Neste sábado (11), ele nocauteou Brad Pickett com uma joelhada voadora na luta realizada no UFC 189 e, além do bônus de Performance da Noite, o paulista ganhou elogios de uma das lendas vivas dos esportes de combate, o ex-campeão mundial de boxe Mike Tyson.
- Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

O peso-pena teve a chance de conversar rapidamente e bater uma foto com “Iron Mike” depois da sua vitória. Na coletiva de imprensa, Thominhas não escondeu a felicidade em conhecer o ídolo.

“Estou muito feliz. Desde que eu era criança assistia as lutas do Mike Tyson, ele é o cara que me fez começar a lutar. É um sonho realizado lutar em Las Vegas, poder tirar uma foto com o Mike Tyson e ele elogiar a minha performance. É maravilhoso”, declarou.

A luta contra Pickett foi um verdadeiro teste para Thominhas. O inglês mostrou seu poder de nocaute ainda no primeiro round, chegando perto de nocautear, mas o brasileiro deu a volta por cima e encaixou a joelhada que encerrou a luta no início da segunda parcial.

“Eu sabia que ele tinha a mão pesada, mas não tanto. Tanto que eu tomei os dois knockdowns. Mas na academia eu treino muito forte, sou muito focado. Tenho parceiro de treinos que batem tão forte, como o (Felipe) Sertanejo, o (Lucas) Mineiro, o Allan Puro Osso, então estou acostumado a sentir essa pressão e poder dar a volta por cima”, declarou.

Aos 23 anos, Thomas possui um cartel invicto com vinte triunfos. Um dos atletas mais novos da organização, o peso-pena garante que aceita qualquer desafio em sua busca pelo título.

“Eu sou lutador do UFC. Sou funcionário, o que eles mandarem, eu estarei bem preparado. Eu sou jovem, quero crescer, ganhar experiência, e no futuro ser o dono do cinturão.”