Pular para o conteúdo principal
Especiais

Top 10: Maurício "Shogun" Rua

Listamos as 10 vitórias mais importantes na carreira do campeão do GP dos médios do PRIDE e ex-campeão meio-pesado do UFC

Um dos grandes nomes da história do MMA, Maurício "Shogun" Rua retorna à ação neste sábado (7) para revanche com Ovince Saint Preux no UFC 274. Antes disso, listamos as 10 vitórias mais marcantes de sua gloriosa carreira. Confira abaixo.

Rampage Jackson

(PRIDE Total Elimination 2005 - 23/4/2005)

Túnel do Tempo: Mauricio Shogun x Rampage Jackson
Túnel do Tempo: Mauricio Shogun x Rampage Jackson
/

Após o sucesso de nomes como Anderson Silva, Wanderlei Silva, Murilo Ninja e outros atletas da Chute Boxe no ringue do PRIDE, Maurício "Shogun" Rua chegou à organização japonesa em 2003 carregando a bandeira da equipe paranaense e logo construiu seu nome com uma série de nocautes no 1º round.

Suas performances o credenciaram para um embate com o já consolidado Quinton "Rampage" Jackson, que havia vencido seu irmão Murilo meses antes, mas o norte-americano não foi páreo para o poder de fogo do brasileiro, e Maurício venceu a rodada inicial do GP de 2005 com um nocaute em menos de cinco minutos.

Rogério Minotouro

(PRIDE Critical Countdown 2005 - 26/6/2005)

Apenas dois meses depois, em mais um duelo pelo torneio, Shogun se viu diante de outra lenda brasileira da organização: Rogério "Minotouro" Nogueira. O resultado foi um combate eletrizante, amplamente considerado pela mídia especializada como o melhor daquele ano, e vencido pelo paranaense em decisão unânime dos jurados.

Ricardo Arona

(PRIDE Final Conflict 2005 - 28/8/2005)

Após superar Alistair Overeem na semifinal do Grand Prix, Shogun voltou ao ringue na mesma noite para disputar o título do torneio com a lenda brasileira Ricardo Arona, protagonizando um dos grandes duelos da famosa rivalidade entre as academias Chute Boxe e Brazilian Top Team. Com um nocaute avassalador em menos de três minutos, ele se consolidou como o maior nome do mundo em sua categoria aos 23 anos de idade.

Kevin Randleman

(PRIDE 32 - 21/10/2006)

Túnel do Tempo: Mauricio Shogun x Kevin Randleman
Túnel do Tempo: Mauricio Shogun x Kevin Randleman
/

Em uma de suas raras apresentações na divisão dos pesos-pesados, Maurício encarou o ex-campeão do UFC Kevin Randleman. Contra um wrestler de elite, o trocador mostrou o alto nível de seu jiu-jítsu, aplicando uma bela chave de joelho e vencendo por finalização pela primeira vez na carreira.

Alistair Overeem

(PRIDE 33 - 24/2/2007)

Em fevereiro de 2007, Shogun pisou pela última vez no ringue do PRIDE em novo duelo contra Alistair Overeem. Sua despedida da organização não poderia ser diferente: com novo nocaute no 1º round sobre o holandês, que mais tarde naquele ano se tornaria campeão peso-pesado do Strikeforce.

Mark Coleman

(UFC 93 - 17/1/2009)

Maurício "Shogun" nocauteia Mark Coleman no UFC 93

Maurício "Shogun" nocauteia Mark Coleman no UFC 93. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images)


Após ser superado por Forrest Griffin em sua aguardada estreia no Octógono, Maurício reencontrou um antigo rival em seu segundo compromisso no UFC: o ex-campeão peso-pesado Mark Coleman, único atleta a vencê-lo no ringue do PRIDE, em uma luta cercada de polêmica devido a uma fratura no braço sofrida pelo brasileiro. Na revanche, Shogun vingou o resultado, nocauteando "The Hammer" a 24 segundos do fim do 3º round.

Chuck Liddell

(UFC 97 - 18/4/2009)

Mauricio Shogun nocauteia Chuck Liddell no UFC 97

Mauricio Shogun nocauteia Chuck Liddell no UFC 97. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images)


Apenas três meses depois, o brasileiro voltou à ação para encarar outra lenda: o ex-campeão dos meio-pesados Chuck Liddell. Com um nocaute incontestável no 1º round, o paranaense se credenciou de forma definitiva à disputa pelo cinturão dos 93 Kg do UFC - que à época pertencia ao também brasileiro Lyoto Machida.

Lyoto Machida

(UFC 113 - 8/5/2010)

Após ser superado em polêmica decisão dos jurados no primeiro embate com Lyoto, Maurício recebeu a oportunidade de uma revanche imediata, e desta vez não deixou dúvidas, nocauteando o compatriota no 1º round e se tornando campeão dos meio-pesados do Ultimate. Apenas Shogun, Rodrigo Minotauro e Mark Coleman se sagraram campeões (de suas categorias ou de torneios) tanto no PRIDE quanto no UFC.

Forrest Griffin

(UFC 134 - 27/8/2011)

Mauricio Shogun nocauteia Forrest Griffin no UFC 134

Mauricio Shogun nocauteia Forrest Griffin no UFC 134. (Foto por Al Bello/Zuffa LLC/[Zuffa LLC via Getty Images)


Na histórica primeira edição do UFC no Rio de Janeiro, o brasileiro teve nova oportunidade de vingar uma derrota no reencontro com o ex-campeão Forrest Griffin, algoz em sua estreia no Octógono. Apoiado por uma intensa torcida, Shogun novamente vingou o revés, nocauteando o norte-americano no 1º round.

Tyson Pedro

(UFC Adelaide - 2/12/2018)

Maurício "Shogun" golpeia Tyson Pedro no UFC Adelaide

Maurício "Shogun" golpeia Tyson Pedro no UFC Adelaide. (Foto por Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)


Após amargar resultados alternados por alguns anos, Shogun foi escalado para encarar a revelação australiana Tyson Pedro na casa do adversário em 2018. Contrariando as casas de apostas e ignorando os 10 anos de idade que o separavam de seu oponente, o brasileiro venceu por nocaute no 1º round, conquistando um bônus de Performance da Noite no processo.

* Lista elaborada em ordem cronológica.