Pular para o conteúdo principal
Especiais

Top 10: Momentos inesquecíveis do UFC no Rio de Janeiro

Relembre 10 situações que marcaram os eventos realizados na Cidade Maravilhosa

O UFC 301, que acontece no dia 04 de maio, marcará o 11º evento numerado do Ultimate realizado no Rio de Janeiro. No aquecimento para o retorno à Cidade Maravilhosa, listamos 10 momentos marcantes da organização que aconteceram na capital fluminense. 

Garanta já o seu ingresso para o UFC 301

UFC 134 - A redenção de Anderson Silva 

Atleta com mais vitórias em lutas por cinturão na história do peso-médio, Anderson Silva desembarcou no Rio de Janeiro para o UFC 134 disposto a vingar a última derrota de sua carreira, até aquele momento, para o japonês Yushin Okami. Dentro do Octógono, o revés ocorrido em 2006 foi revidado de forma categórica após o show do “Spider”, que terminou com um nocaute no 2º round. 

 

UFC 142 - Aldo na torcida 

José Aldo no meio da torcida após a vitória no UFC 142. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)

José Aldo no meio da torcida após a vitória no UFC 142. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)


Protagonista da segunda edição do Ultimate no Rio de Janeiro, José Aldo estrelou um dos momentos mais icônicos da história da organização. Após bater o norte-americano Chad Mendes com uma joelhada espetacular, defendendo o cinturão peso-pena pela terceira vez, o “Campeão do Povo” saiu do Octógono e foi para os braços da galera, sendo erguido e ovacionado pelo público presente na arena. 

 

UFC 153 - Anderson salva o evento 

Para liderar o seu terceiro evento na Cidade Maravilhosa, a organização planejava escalar o campeão peso-pena José Aldo, porém, o manauara se lesionou faltando poucos dias para o card. Disposto a não ver o público carioca decepcionado, Anderson Silva aceitou salvar o espetáculo e topou enfrentar o norte-americano Stephan Bonnar em cima da hora. Dentro do Octógono, o fã de MMA viu mais um show e nova vitória por nocaute do “Spider”. 

 

UFC 163 - Estreia de Amanda Nunes no UFC 

Em 03 de agosto de 2013, quem acompanhou o card preliminar do UFC 163 provavelmente não imaginava que estivesse presenciando o nascimento de uma lenda. Futura campeã dos galos e dos penas, a lutadora baiana Amanda Nunes fazia sua estreia na organização de forma vitoriosa com um nocaute no 1º round sobre a alemã Sheila Gaff. 

 

UFC 179 - Luta do ano entre Aldo x Mendes 2 

José Aldo golpeia Chad Mendes no UFC 179. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)

José Aldo golpeia Chad Mendes no UFC 179. (Foto por Josh Hedges/Zuffa LLC)


Pouco mais de dois anos após o primeiro confronto, José Aldo e Chad Mendes se reencontraram em uma luta principal do Ultimate no Rio de Janeiro. Para delírio do público presente na arena, o campeão e o desafiante entregaram um dos melhores confrontos da temporada 2014 da organização, que terminou com vitória do manauara na decisão unânime dos juízes. 

 

UFC 190 - Ronda no Brasil 

Em agosto de 2015, a então campeã dominante do peso-galo Ronda Rousey aceitou o desafio de desembarcar em “território inimigo” para colocar o seu cinturão em jogo. Porém, o que se viu no Rio de Janeiro foi um público bastante receptivo e empolgado por ter uma grande estrela do MMA mundial atuando no Brasil. No duelo com a desafiante Bethe Correia, a norte-americana não deu chances e nocauteou a sua adversária em apenas 34 segundos, defendendo o seu reinado pela sexta vez. 

 

UFC 212 - Passagem de bastão em Aldo x Holloway 

Depois de recuperar o cinturão linear do peso-pena, José Aldo precisou unificar o seu título contra o então campeão interino Max Holloway. E, pela primeira vez, o público do Rio de Janeiro viu um brasileiro ser destronado em casa. Após um 1º round equilibrado, o havaiano voltou mais agressivo, mostrando velocidade e rapidamente assumiu controle do confronto. No 3º round, o “Abençoado” tomou o bastão do veterano e silenciou a arena ao nocautear o manauara. 

 

UFC 224 -  O chute de Lyoto em Belfort 

Na abertura do card principal do UFC 224, em maio de 2018, o duelo que marcou o fim da passagem de duas lendas do MMA pelo Octógono terminou de forma histórica. No final do 2º round, o ex-campeão dos meio-pesados Lyoto Machida acertou um lindo chute alto em Vitor Belfort, ao estilo “Karatê Kid”, e levou o público presente na arena ao delírio. 

 

UFC 237 - O "Bate-Estaca" campeão

Jéssica Andrade aplica um bate-estaca em Rose Namajunas na luta principal do UFC 237. (Foto por Alexandre Scheinder/Getty Images)

Jéssica Andrade aplica um bate-estaca em Rose Namajunas na luta principal do UFC 237. (Foto por Alexandre Scheinder/Getty Images)


A luta mais importante do UFC 237, que aconteceu em maio de 2019, terminou com uma atleta brasileira vestindo o cinturão do Ultimate e fazendo jus ao apelido que carrega. A então desafiante ao cinturão peso-palha Jéssica Bate-Estaca suportou o bom início da campeã Rose Namajunas e, no 2º round, chocou o público carioca ao aplicar um nocaute brutal na norte-americana. 

 

UFC 283 - A aposentadoria de Glover 

O último evento do Ultimate realizado no Rio de Janeiro terminou com uma imagem triste para o fã brasileiro de MMA. Na luta principal do UFC 283, Glover Teixeira foi dominado durante cinco rounds pelo norte-americano Jamahal Hill, que se tornou o novo dono do cinturão dos meio-pesados. Após o doloroso revés, o ex-campeão da divisão anunciou sua aposentadoria do esporte ainda no Octógono aos 43 anos de idade. 

Não perca o UFC 301: Pantoja x Erceg, dia 4 de maio na Farmasi Arena, no Rio de Janeiro. O card preliminar começa às 19 horas e o card principal tem início às 23 horas (horários de Brasília). Compre já seu ingresso!