Pular para o conteúdo principal

TOP 5 lutas de Urijah Faber

Norte-americano encara Frankie Edgar na luta principal do UFC Manila, neste sábado (16)


No dia 16 de maio, o UFC viaja às Filipinas pela primeira vez e os fãs em Manila não poderiam ter uma melhor luta principal do evento, com o combate entre Urijah Faber e Frankie Edgar. Com ao duelo se aproximando, vamos relembrar as lutas que fizeram o “California Kid” quem ele é hoje.

2007
WEC 26 - Dominick Cruz I
Em janeiro de 2007, o primeiro evento do WEC sob os comandos da Zuffa aconteceu em Las Vegas, com a luta principal entre Rob McCullough e Kit Cope valendo o cinturão peso-leve. Também estava no card o campeão peso-pena da organização, Urijah Faber, que venceu Joe Pearson para defender seu cinturão. Dois meses depois, Faber estava na luta principal encarando o até então desconhecido Dominick Cruz. Faber passou rápido por Cruz, o finalizando com uma guilhotina em 98 segundos. Mas não sabíamos que os dois iriam se encontrar novamente alguns anos depois na categoria peso-galo do UFC e criar uma das maiores rivalidades do esporte. E até hoje, o único a vencer Cruz, o ex-campeão peso-galo do WEC e UFC, é Faber.

2008
WEC 34 - Jens Pulver I
Até junho de 2008, a dominância de Faber na categoria peso-pena era absoluta, mas após algumas defesas com sucesso, os fãs queriam ver Faber em uma superluta. E foi aí que entrou o ex-campeão peso-leve do UFC, Jens Pulver, e a maior luta da história do WEC aconteceu em Sacramento, Califórnia no dia 1 de junho de 2008. Felizmente, a luta dentro da grade azul superou as expectativas, com Faber vencendo por decisão após cinco rounds de um combate que mostrou ao público dos Estados Unidos que as categorias de pesos mais leves estavam aqui para ficar.

2011
UFC 139 - Brian Bowles
Cinco meses após sua grande vitória sobre Pulver, Faber perdeu seu cinturão para Mike Brown. Uma revanche contra Brown e o duelo com José Aldo no WEC 48 também resultaram em derrotas para Faber, que acabou descendo de peso para a categoria peso-galo. Faber venceu sua primeira luta peso-galo sobre Takeya Mizugaki, e seguiu para o UFC, onde viu vitória e derrota no octógono em suas primeiras duas lutas, vencendo Eddie Wineland e perdendo para Cruz. Isso resultou em um encontro com o ex-campeão peso-galo do WEC Brian Bowles no UFC 139, em novembro de 2011. Na época, muitos consideravam não haver um favorito para vencer a luta, já que Bowles vinha de duas vitórias no UFC sobre Damacio Page e Takeya Mizugaki. Mas Faber fez as coisas parecerem fáceis em San Jose, levando o prêmio de Finalização da Noite com uma guilhotina no segundo round.

2013
TUF 17 Finale - Scott Jorgensen
A vitória de Faber sobre Bowles rendeu uma segunda chance pelo cinturão de Cruz, que acabou não acontecendo quando Cruz ficou parado com a primeira de uma série de lesões. Faber então foi escalado para encarar o brasileiro Renan Barão pelo cinturão interino no UFC 149 e acabou derrotado. O “California Kid” seguiu em frente e venceu quatro lutas seguidas, incluindo esta no dia 13 de abril de 2013, sobre seu amigo Scott Jorgensen. E por mais que sejam amigos, Faber deixou a amizade de lado durante 18 minutos e 16 segundos, o tempo que o levou para finalizar Jorgensen com um mata-leão.

2013
UFC on FOX - Michael McDonald
Michael McDonald é visto por muitos como o futuro da categoria dos pesos-galo, mas no dia 14 de dezembro de 2013, Faber mostrou que ele continua sendo o presente com uma grande performance, que acabou com uma finalização no segundo round por guilhotina, rendendo mais um prêmio de performance e mantendo sua invencibilidade em lutas que não valem um cinturão.