Pular para o conteúdo principal

Top 5: O melhor de Cormier no peso-pesado

Relembre as melhores performances do atual campeão meio-pesado na divisão de cima

No dia 7 de julho, o campeão meio-pesado do UFC Daniel Cormier tentará fazer história quando desafiar o campeão dos pesados Stipe Miocic na super luta principal do UFC 226 em Las Vegas. E apesar de alguns pensarem que Cormier está mergulhando em águas profundas contra Miocic, é importante lembrar que “DC” não é desconhecido para a divisão dos pesados, tendo feito suas 13 primeiras lutas na carreira nessa categoria. Então, se você precisa se lembrar do que Cormier fez contra os grandalhões, veja abaixo.
Veja também: Top 7: MiocicCard completo do UFC 226
Soa Palelei
XMMA
Resultado: Cormier por nocaute técnico no 1º round
Invicto com 5-0 no MMA, Cormier começou bem sua carreira, mas contra Palelei, um veterano do UFC com mãos pesadas, é que veríamos se DC era para valer. Ele era. Colocando Palelei para baixo sempre que quis, Cormier usou seu ground and pound para vencer no primeiro round após cortar o “Hulk” com cotoveladas, mostrando que nesse esporte, há wrestlers e há atletas olímpicos como Cormier.
Jeff Monson
Strikeforce<br />Resultado: Cormier por decisão unânime

Essa não foi uma das lutas mais espetaculares de DC, mas foi uma luta importante para seu desenvolvimento como artista marcial misto. O veterano do UFC Jeff Monson era excelente na luta agarrada, então Cormier não quis ficar muito com ele no chão - nem um pouco, na verdade. Então foi a trocação em evolução de Cormier que fez o trabalho. Ele não nocauteou Monson, um ex-desafiante ao cinturão do Ultimate, mas venceu com folga por três placares 30-27.
Antonio Silva “Pezão”
Strikeforce
Resultado: Cormier por nocaute no 1º round
Após conquistar oito vitórias em suas oito primeiras lutas, o membro da equipe norte-americana de wrestling em duas Olimpíadas havia claramente feito uma boa transição para seu novo esporte. Mas seria muito apressado para Cormier enfrentar o veterano Antonio Pezão em sua nona luta? Não foi, já que Cormier atropelou o brasileiro e o nocauteou em menos de quatro minutos. DC era para valer, e agora o mundo inteiro sabia.
Josh Barnett
Strikeforce
Resultado: Cormier por decisão unânime

Se Pezão foi uma subida de nível para Cormier, o ex-campeão peso-pesado do UFC Josh Barnett foi um salto gigante oito meses depois, mas DC cresceu mais uma vez. Não foi o final espetacular da luta com o brasileiro, mas foi uma vitória dominante em cinco rounds que lhe rendeu o título do GP dos pesos-pesados do Strikeforce.
Frank Mir
UFC
Resultado: Cormier por decisão unânime
Cormier venceria mais uma vez no cage do Strikeforce antes de pisar no octógono, superando Dion Staring no segundo round em janeiro de 2013. Três meses depois, ele estava fazendo sua estreia no Ultimate contra outro ex-campeão em Frank Mir. Na época, Mir vinha de três vitórias nas últimas quatro lutas, com a única derrota em um desafio pelo título de Junior Cigano. Mas contra o estreante, Mir foi abafado por três rounds e Cormier levou a vitória por decisão unânime, vencendo novamente por três placares de 30-27.
Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube