Pular para o conteúdo principal
Eventos

Top 5: Valentina Shevchenko

A campeã peso-mosca Valentina Shevchenko tem muitos pontos altos em sua carreira. Aqui estão algumas de suas lutas mais importantes no Octógono

No sábado, Valentina Shevchenko defende seu título peso-mosca pela segunda vez contra Liz Carmouche na luta principal do UFC Uruguai. De maneira rápida, “Bullet” se tornou uma das melhores lutadoras peso por peso do mundo, mas a jornada até este ponto tem sido longa, como você verá abaixo.

Holly Holm
Valentina Shevchenko of Kyrgyzstan celebrates after defeating Holly Holm by unanimous decision in their women's bantamweight bout during the UFC Fight Night event at the United Center on July 23, 2016 in Chicago, Illinois. (P

Há um ano, Valentina Shevchenko esperava uma ligação do UFC. No United Center, em Chicago, a striker baseada no Peru poderia estar na fila para disputar o título do peso-galo feminino do UFC depois de superar a ex-campeã Holly Holm por decisão unânime.

“Minha estratégia era fazer tudo o que eu sei, colocar todo meu coração, todo meu poder, tudo que aprendi em mais de 20 anos em artes marciais, e fiz isso”, disse Shevchenko.

Agora vencedora de duas de suas três lutas no Octógono, ela esperava enfrentar a mulher que a entregou a única derrota do UFC, a recém-coroada campeã Amanda Nunes.

"Amanda é uma boa lutadora, ela tem um bom jogo em pé e no chão, e é claro que eu quero uma revanche para o cinturão", afirmou.

“Eu sabia que ela era uma contra-golpeadora, estávamos prontos para isso; ela é uma dura, eu sabia disso”, disse uma graciosa Holm na época. “Eu sabia que tinha minhas mãos cheias com essa luta. Eu sabia que era um grande desafio. O que você pode fazer? Eu sabia que era uma luta competitiva. Eu poderia ter feito mais, estou desapontada comigo mesmo e não tiro nada dela. Ela foi muito dura”.

As pontuações foram 49-46 em todos os cards oficiais.

Julianna Pena
DENVER, CO - JANUARY 28: Valentina Shevchenko lands a kick on Julianna Pena in their Bantamweight bout during the UFC Fight Night January 28, 2017 at Pepsi Center. Shevchenko defeated Pe�a on a submission hold in the second round. (Photo By John Leyba/The

Presumia-se que, se o confronto entre Valentina Shevchenko e Julianna Peña fosse ao chão, Peña estaria com toda a vantagem. Em vez disso, foi Shevchenko, especialista em Muay Thai, que saiu vitoriosa no tatame do Pepsi Center, em Denver, quando finalizou Peña no segundo round para cimentar seu lugar no topo do ranking peso-galo, e provavelmente conseguir uma revanche com a campeã Amanda Nunes.

“Muitas pessoas me perguntaram antes da luta: 'Valentina, você é uma striker, a Julianna é uma grappler; como você vai lidar com isso?” Toda vez, eu disse: 'Sim, sou uma striker, mas sou uma lutadora de MMA e sou uma lutadora completa', disse Shevchenko, que fez as rodas girarem no Octógono por uma luta pelo título com Nunes, que a venceu em março de 2016.

"Tenho certeza de que a próxima luta será uma disputa de título e estou muito empolgada pela revanche e para conquistar este cinturão", disse ela.

"Você não vai fazer isso", rebateu Nunes. "Nós vamos lutar de novo e eu vou acabar com você."

"Tenha cuidado com suas palavras, porque isso vai voltar para você", rebateu Shevchenko.  

Amanda Nunes 2
EDMONTON, AB - SEPTEMBER 09:  (L-R) Amanda Nunes of Brazil celebrates her victory over Valentina Shevchenko of Kyrgyzstan in their women's bantamweight bout during the UFC 215 event inside the Rogers Place on September 9, 2017 in Edmonton, Alberta, Canada

Foi um combate próximo e competitivo por 25 minutos, mas quando a luta principal do UFC 215 entre Amanda Nunes e Valentina Shevchenko terminou com uma vitória de Nunes por decisão dividida no Rogers Place em Edmonton, ficou claro que as vitórias consecutivas sobre Miesha Tate, Ronda Rousey e Shevchenko era sinal de que a brasileira se preparava para um longo reinado no topo.

As pontuações foram 48-47 duas vezes e 47-48 para Nunes, que defendeu com sucesso sua coroa dos 61kg pela segunda vez, repetindo sua vitória de 2016 sobre Shevchenko, que ela havia conquistado com uma decisão em três rounds.

Joanna Jedrzejczyk
Joanna Jedrzejczyk of Poland fights against Valentina Shevchenko (L) of Kyrgyzstan in a flyweight bout during the UFC 231

Foram necessárias passagens por duas categorias e duas lutas pelo título, mas Valentina Shevchenko finalmente conquistou um merecido cinturão do UFC, quando superou por decisão unânime Joanna Jedrzejczyk para ganhar o título vago do peso-mosca na luta principal do UFC 231, no Scotiabank Arena em Toronto.

As pontuações foram 49-46 em todos os cards para a ex-desafiante ao título do peso-galo.

Jessica Eye

Na segunda luta principal do UFC 238, Valentina Shevchenko defendeu com sucesso sua coroa do peso-mosca do UFC pela primeira vez de maneira enfática, eliminando a candidata Nº 1 Jessica Eye no segundo round.

Os chutes no corpo desferidos por Shevchenko logo no início caíram com um baque, imediatamente chamando a atenção de Eye. Momentos depois, Shevchenko fez uma queda e foi trabalhar. Eye voltou a ficar de pé com pouco mais de um minuto para o fim, mas Shevchenko derrubou novamente e manteve Eye no chão até o final da rodada.

Shevchenko começou o segundo round da mesma maneira que começou o primeiro, mas então ela mudou o seu chute para cima, e um golpe certeiro na cabeça colocou Eye para baixo de forma assustadora. O tempo oficial do nocaute foi 26s do segundo assalto.