Pular para o conteúdo principal
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

Treinador analisa derrota de Cigano no UFC Orlando: "Não usou o que sabe"

Brasileiro foi derrotado por Alistair Overeem no último sábado (19)


O retorno de Junior Cigano ao octógono após um ano lidando com lesões não foi como o ex-campeão peso-pesado esperava. Ele foi derrotado pelo inglês-holandês Alistair Overeem por nocaute no segundo round no UFC Orlando, e se afastou da briga pelo cinturão da divisão.
Professor de boxe de Cigano no início da carreira, Luiz Dórea não esteve muito presente na preparação do lutador para este duelo - o catarinense resolveu se mudar para os Estados Unidos e integrar a American Top Team -, mas analisou o comportamento e os erros cometidos pelo pupilo no combate em entrevista ao site Portal do Vale Tudo.
Leia também: Cigano comenta derrota
“Ele não usou o que ele sabe. Ele sabe muito mais do que aquilo. Há dois, três anos, ele foi considerado o melhor boxeador do MMA. Ele é prodígio: chuta bem, defende bem as quedas”, analisou Dórea, “O Cigano não conseguiu se encontrar, estava sem a distância necessária para conectar golpes”.
Esta foi a terceira derrota de Cigano nos últimos cinco combates do brasileiro, desde que perdeu o cinturão dos pesos-pesados para Cain Velasquez, em dezembro de 2012.
Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC | Assine o Canal Combate e não perca nenhuma edição do UFC