Pular para o conteúdo principal

Treinador de Romero coloca Ronaldo Jacaré acima de Weidman e Rockhold

Ricardo Libório elegeu brasileiro como o maior desafio do cubano


Nem Chris Weidman, nem Luke Rockhold. O maior desafio que Yoel Romero poderia ter no UFC é o brasileiro Ronaldo Jacaré. Quem garante isso é o treinador do atleta cubano e um dos fundadores da American Top Team, Ricardo Libório.

Assine o Combate e não perca nenhum detalhe do UFC

Em conversa com jornalistas no Rio de Janeiro, Libório analisou que o confronto entre os pesos-médios, que acontece no UFC 194, em 12 de dezembro, é o mais complicado que seu pupilo poderia ter na organização, já que Jacaré é um atleta completo.

"O Jacaré é a luta mais difícil do Romero", disse, de acordo com o portal Combate. "[...] Treino especificamente o Romero e, às vezes, são horas e horas treinando, fazendo séries de posições e o cara não cansa. O Jacaré seria mais difícil para ele do que o Weidman e o Rockhold. O Weidman não está no nível de wrestling do Romero, do King Mo. Ele foi de universidade, mas não é All American de alto nível, como o Johny Hendricks. Estamos falando de alto nível, mas sem menosprezar os caras. O Jacaré tem qualidade técnica, física, gás, bate forte o tempo todo", declarou o faixa-preta de Carlson Gracie.

Tanto Romero quanto Jacaré possuem jogos fortes na luta de chão. O brasileiro já foi diversas vezes campeão mundial de jiu-jítsu, enquanto o cubano tem uma medalha de prata no wrestling Olímpico, e ambos são conhecidos pelo poder de nocaute. Entretanto, Libório diz acreditar que o que realmente fará a diferença no combate será a estratégia.

"O Romero tem uma trocação que não é ortodoxa e facilita para criar surpresas. Ele bate forte, assim como o Jacaré. Ele usa chute, joelho, usa as armas todas. O Jacaré tem uma coisa, que não notam, que são quedas de força, que derrubam qualquer um. É difícil saber quem é melhor em pé. Qualquer um dos dois, se tocar, o outro cai. Os dois batem forte. Bateu, vai balançar. O que fará a diferença na luta será o volume, quem aguentar mais. O Jacaré nunca deixa de botar a mão, e o Yoel sabe administrar. A estratégia será fundamental nessa luta", afirmou, adiantando um pouco do plano de combate do aluno.

"Fazer o que estamos treinando. O Romero não tem que mudar nada em pé e nem no wrestling. Agora, é não se botar em situações que o Jacaré possa capitalizar, não ficar por baixo e aproveitar em cima."

Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC
Siga o WhatsAPP UFC e fique por dentro das notícias