Pular para o conteúdo principal

Treinador garante Aldo tranquilo para luta contra McGregor no UFC 194

Batalha pela unificação de títulos acontece em dezembro

A aguardada luta entre José Aldo e Conor McGregor está chegando, mas o caminho não tem sido fácil. A tensão entre os atletas é alta desde o início do ano, quando saíram em uma turnê mundial para promover o duelo, inicialmente marcado para julho. Foram dias de provocações intensas por parte do irlandês que serviram para apimentar a rivalidade, mas o combate foi adiado por conta de uma lesão na costela do brasileiro.

Agora, o acerto de contas está marcado para 12 de dezembro, no UFC 194, e o principal treinador de Aldo garante que o manauara estará tranquilo para o combate. Em conversa com o site da revista Tatame, Dedé Pederneiras assegurou que seu pupilo sairá da batalha pela unificação de títulos como campeão.

Assine o Canal Combate e não perca nenhum detalhe do UFC 194

"Eu acho que tudo o que a gente tinha que passar de estresse com essa luta, a gente já passou. Agora é esperar chegar o dia. O estresse maior já foi, e vou te falar, ele está bem relaxado. Vai chegar o dia, a grade vai fechar e a porrada vai comer. A gente vai estar preparado para isso e pronto. E a gente vai vencer, vocês podem escrever. Eu garanto", afirmou.

Em uma postagem nas redes sociais, Aldo mostrou que está com chutes potentes para a batalha, mas Dedé garante que o campeão linear está preparando para qualquer área - inclusive a luta agarrada, onde McGregor demonstrou brechas na luta contra Chad Mendes, que valeu o título interino.

"Na verdade, o MMA é algo que engloba muita coisa. A gente vai aonde a luta estiver mais fácil. Se estiver mais fácil na trocação, vamos na trocação, se estiver no chão, vai ser lá, e se for para derrubar, nós vamos derrubar. Acho que a grande vantagem do Aldo é que ele já demonstrou que ele não é um atleta de um estilo só. Quando ele quebrou o pé lutando com o coreano (Chan Sun Jung), ele mostrou que derruba muito bem, aplica quedas boas. Contra o (Mark) Hominick, ele mostrou que tem um chão muito bom. Eu acredito que ele pode lutar em qualquer situação e estar bem em qualquer área. É difícil você ver uma luta dele (Conor McGregor). Na verdade, a primeira luta que todos viram isso (desvantagem na luta agarrada), foi essa última com o Mendes. Até então, ninguém tinha botado ele para baixo, e na outra ele foi finalizado, mas foi bem no início da carreira", declarou o técnico. 

Ingressos à venda para o UFC São Paulo
Visite a UFC Store
Baixe o aplicativo do UFC