Pular para o conteúdo principal

'Trouxe punhos, joelho, cotovelo e canela de presente', diz treinador de Barão

Jair Lourenço falou dos 'presentes' que o brasileiro reservou para TJ Dillashaw

Logo depois de finalizar Michael Gagnon no UFC Barueri, em dezembro de 2014, Renan Barão aproveitou o microfone ainda no octógono para falar que tinha dois presentes para TJ Dillashaw: 'minha mão esquerda e a direita'. Na semana da luta contra o norte-americano, que acontece neste sábado, seu treinador Jair Lourenço reforçou a provocação e disse que o brasileiro tem outras armas para vencer. O confronto será transmitido com exclusividade pelo Canal Combate. 

"O Barão trouxe os dois punhos, joelho, cotovelo e canela de presente. O Dillashaw que se prepare, porque o negócio vai ser complicado para ele", disse um sorridente Jair Lourenço. O treinador acompanha o ex-campeão desde a época em que ele treinava apenas em Natal e nem sonhava em chegar entre os melhores do mundo.

Questionado sobre o motivo de Barão estar aparentemente mais tranquilo com o peso e feliz, Lourenço explicou que o fato de a luta ser adiada ajudou na preparação. "Ele ficou ainda mais em forma, tivemos até que obrigá-lo a descansar o corpo. E também perdeu muito peso sem fazer dieta específica, apenas passou a comer de forma mais saudável".

Otimista e confiante para a luta deste sábado, Jair Lourenço tem certeza que o combate não irá durar os cinco rounds. "Acredito muito em um nocaute ou finalização do Barão. O Dillashaw não vai aguentar ir até o final".
Veja também:
Renan Barão deixa superstição de lado e mostra o novo 'estilo samurai'
Treinos e diversão: A rotina das estrelas do UFC Chicago
De zebra a campeão - O caminho de superação de TJ Dillashaw no UFC